Esporte

De 1 a 16, quem é o favorito ao título da Copa do Mundo de 2018 que acontece na Russia?

Seleção Brasileira continua na frente nas bolsas de apostas pelo mundo

As 16 melhores seleções da Copa já estão definidas e, a partir de agora, serão duelos diretos até que se conheça o campeão mundial.

Os cruzamentos também são conhecidos e, de um lado, há seleções que, juntas, somam 10 títulos mundiais; do outro, apenas dois, com a Espanha e a Inglaterra, que eventualmente poderão se encontrar nas semifinais.

Uma vez que se conhecem os duelos das oitavas de final, os cruzamentos e o momento de cada seleção após a fase de grupos, a ESPN fez um Power Ranking de qual time tem mais chance de levantar a taça no dia 15 de julho:

1. Brasil

Desde antes da Copa do Mundo, ao lado de Alemanha e Espanha, o Brasil era o principal candidato a conquistar o título. A fase de grupos foi superada sem contratempos, e a melhor versão do Neymar ainda está por vir. O elenco tem experiência e juventude para conquistar a glória na Rússia.

2. Espanha

Começou a Copa como um dos principais candidatos ao título, mas as dúvidas começaram assim que Julen Lopetegui foi demitido. Fernando Hierro assumiu o comando, mas isso não impediu que La Roja sofresse mais para se classificar na fase de grupos.

3. Inglaterra

Talvez nunca como agora, em um formato de 32 seleções, a Inglaterra tivesse um caminho tão aberto para chegar à final. Na fase de grupos, o time provou ser competitivo e deve manter esse nível no mata-mata para chegar às últimas instâncias. Em sua jornada, eles devem lutar contra Colômbia, Espanha ou Croácia, mas evitarão Brasil, França, Argentina ou Portugal.

4. França

É uma das equipes mais completas da Rússia, mas ainda não explorou o seu máximo. Cada posição está bem coberta de opções de qualidade, mas, por outro lado, se trata de uma equipe, no geral, inexperiente. No final, apenas uma dessas duas opções prevalecerá.

5. Croácia

Foram 9 pontos na fase de grupos, e a vitória por 3 a 0 sobre a Argentina ganhou as manchetes de todo o planeta. Tem, provavelmente, a melhor dupla de meio-campo do mundo, com Luka Modric e Ivan Rakitic, que dominou a Rússia até agora. É uma equipe sólida que tem grande potencial para avançar, embora a Espanha pode atrapalhar esse caminho.

6. Bélgica

Foi uma das equipes mais dominantes na fase de grupos, mas estar em primeiro lugar no grupo jogou “contra”, já que ficou de um lado complicado da chave, com Brasil, França, Argentina ou Portugal como possíveis rivais. Chegou a hora de mostrar que pode dar um salto de qualidade.

7. Uruguai

Em um grupo no qual só se esperava a classificação para as oitavas, o Uruguai avançou com louvor, graças à segurança defensiva fornecida por homens como Diego Godín e José María Giménez. Além disso, a combinação entre Luis Suárez e Edinson Cavani é letal contra qualquer defesa.

8. Argentina

Eles estavam a menos de 10min de ser eliminados na fase de grupos, mas eles reagiram no fim para se classificar às oitavas e continuar a sonhar. O fator Lionel Messi é suficiente para ser um dos favoritos ao título, apesar de exigir muita ajuda de seus companheiros de equipe.

9. Portugal

Nunca aparecem com favoritos, mas há um fator decisivo que ninguém tem no mundo: Cristiano Ronaldo. O atacante do Real Madrid é capaz de definir uma partida a qualquer momento e é regularmente bem apoiado por uma equipe organizada e uma defesa que tem qualidade. O exemplo perfeito foi a conquista da última Eurocopa.

10. Colômbia

Foi derrotada pelo Japão em seu primeiro jogo, mas se recuperou contra Polônia e Senegal, ganhando dois jogos, marcando quatro gols sem levar nenhum. Com figuras como James Rodríguez e Falcao García no ataque, suas opções crescem para buscar a glória na Rússia.

11. Suécia

É uma das seleções mais sólidas na Copa. Eles trabalham como uma verdadeira equipe real em tdas as suas linhas. O único problema é que eles não têm um grande craque que, em um momento de dificuldade, pode resolver os problemas com sua genialidade.

12. México

Mostrou seus pontos fortes nos dois primeiros jogos, mas, no terceiro, foi muito vulnerável contra uma forte Suécia, que marcou 3 gols. Uma vantagem: no passado, já demonstraram que sabem jogar e que são capazes de vencer o Brasil, mas a maneira como vai se comportar contra o principal favorito ainda é uma incógnita.

13. Suíça

Sempre competitivo e com jogadores de qualidade como Grant Xhaka ou Xherdan Shaqiri. Por outro lado, o time tem descuidado constantemente da defesa, já que levaram 4 gols em suas 3 partidas.

14. Dinamarca

O time avançou em segundo na chave da favorita França, mas agora terá o complexo desafio de derrotar uma Croácia motivada e perfeita na fase de grupos. Se eles conseguirem superar os fortes rivais, a Espanha deve ser o próximo obstáculo, ou seja, o caminho para a final não parece tão simples.

15. Rússia

Eles são os donos da casa, mas têm o complexo desafio de enfrentar a Espanha nas oitavas de final. Seus dois primeiros jogos na Copa foram muito bons e exploraram com perfeição seu poder ofensivo, mas fica a dúvida: isso será suficiente para eliminar La Roja?

16. Japão

A seleção passou pela fase de grupos com mais drama do que qualquer outra. Na verdade, o Japão recorreu ao fair play e teve dois cartões a menos do que Senegal para chegar às oitavas de final. Contra a Bélgica, obviamente, está longe de ser considerado favorito.

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close
Pular para a barra de ferramentas