Cidade

Ambulantes são removidos e tem material apreendido na porta do HUT

População recrimina atitudes de fiscais da prefeitura de Teresina

Vendedores ambulantes tiveram seu material apreendido durante operação da SDU Sul na manhã desta quarta-feira (11) em Teresina. Um vídeo feito por internautas mostra a remoção e o lamento de algumas vendedoras que alegam o pagamento de uma taxa para a remoção do material apreendido da SDU.

“Somos humilhadas, quando eles chegam já vão levando tudo. É uma humilhação muito grande querer trabalhar e acontecer isso”, desabafa uma das vendedoras.

Procurado, o gerente de fiscalização Rogério Rodrigues esclarece que a prefeitura segue orientação do Ministério Público Estadual que não permite este tipo de comercialização aos arredores de hospitais. “No caso do HUT a própria diretoria reclamou a prefeitura essa comercialização sem nenhum tipo de fiscalização e notificamos todos os ambulantes antes de qualquer apreensão. Esta é sempre a última medida”, pontua o gerente.

Segundo ele, a taxa para liberação do material apreendido é de R$ 70 e dobra a cada reincidência. Mas, segundo populares a taxa chega a R$ 200 reais.

 

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close
Pular para a barra de ferramentas