Esporte

Sporting recorre e exige indenização de R$ 246 milhões

Fifa recebeu a queixa por causa da transferência do goleiro Rui Patrício

O Sporting exige uma grande compensação financeira pela saída do goleiro Rui Patrício. O defensor de 30 anos rescindiu o contrato com o clube português e já foi anunciado como reforço do Wolverhampton, da Inglaterra.

No entanto, a agremiação de Lisboa recorreu à Fifa requisitando uma indenização de 48 milhões de libras, cerca de R$ 246 milhões na cotação atual.

No início de junho, o goleiro da seleção de Portugal entrou em divergência com a direção do Sporting e comunicou a rescisão unilateral do contrato válido até junho de 2022. Ele estava no clube há 12 anos e alegou justa causa.

Rui Patrício é o goleiro titular da seleção de Portugal (Foto: Hassan Ammar/AP)

A rede britânica “BBC” confirmou que a Fifa recebeu uma queixa por causa da transferência do goleiro ao Wolverhampton. De acordo com o jornal português “A Bola”, o Sporting vai tentar um acordo com os ingleses e pode retirar a queixa, desde que haja um pagamento.

O Sporting passou por uma grande crise ao fim da temporada europeia. O presidente do clube, Bruno de Carvalho, suspendeu alguns jogadores, incluindo Rui Patrício, após uma derrota na Liga Europa. Além disso, o time não conseguiu classificação para a Liga dos Campeões. Revoltados, cerca de 40 torcedores invadiram o centro de treinamento do clube e agrediram os jogadores.

O Wolverhampton, por outro lado, está em alta. O clube o é atual campeão da Championship (segunda divisão inglesa) e vai disputar a Premier League.

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close
Pular para a barra de ferramentas