Piauí

Secretaria Municipal divulga situação da violência contra a mulher em Teresina

A responsável pelo diagnóstico é a socióloga em gênero pela Unicamp, Wânia Pasinato

A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres apresentará, na próxima terça-feira (07), ao prefeito Firmino Filho, o resultado de um diagnóstico que dimensiona a violência contra a mulher em Teresina. O levantamento foi realizado pela secretaria, financiado pelo Banco Mundial e com apoio do Programa Lagoas do Norte.

A responsável pelo diagnóstico é a socióloga e pós-doutora em gênero pela Unicamp, Wânia Pasinato. Além da coleta de dados, Pasinato também avaliou a rede de serviços para a mulher, revisou, monitorou e avaliou o Plano Municipal de Políticas Públicas para Mulheres.

De posse desses dados, sabendo quem são as mulheres que sofrem violência, será possível traçar políticas públicas mais efetivas para combater as agressões sofridas pelas mulheres na capital piauiense. “O diagnóstico é extremamente importante porque é como se fosse uma lupa diante do problema, que impacta mais diretamente a vida das mulheres, que é a violência contra a mulher. Ele vai dizer melhor quais as instituições existentes no município, como as mulheres que acessam essa rede, qual a percepção dessas mulheres sobre a violência e como devemos implantar políticas públicas”, afirma Macilane Gomes, secretária municipal de Políticas Públicas para a Mulher.

As etapas do diagnóstico compreenderam: o dimensionamento da violência contra as mulheres; o dimensionamento da resposta nos programas e serviços de enfrentamento à violência; assistência técnica e formação à equipe, usando técnicas quanti-qualitativas; coletas de informações em registros administrativos; entrevistas semiestruturadas; questionários; entre outras metodologias.

O resultado do trabalho será apresentado ao prefeito Firmino Filho na próxima terça-feira (07), às 10h, no Salão Nobre, localizado no Palácio da Cidade.

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Pular para a barra de ferramentas