Geral

Pianista Carla Ramos fala sobre post polêmico da morte do neto de Lula nas redes sociais

TV Nils vai entrevistar a Carla Ramos nesta sexta-feira,08 às 18h30

WhatsApp, Facebook e Instagram, essas ferramentas estão dando muito o que falar. Recente a pianista e produtora cultural Carla Ramos polemizou ao fazer um post no Facebook sobre a morte de Arthur, neto do ex-presidente Luís Inacio Lula da Silva.

Ela postou “Deus tá se vingando” e causou um turbilhão de mensagens críticas nas redes sociais. Carla Ramos tentou explicar através do próprio Facebook, mas seguiu tendo mensagens criticando-a pela atitude. E por conta disso e de “conselhos” de amigos e familiares decidiu apagar todas as postagens.

Carla Ramos explicou que a decisão de excluir o polêmico post foi sua, após ouvir amigos e familiares. Aproveitou para pedir desculpas pelo que considerou “má colocação”, mas não se arrepende da crítica feita ao ex-presidente Lula. Para ela quem criou a polêmica foi parte da imprensa por “deturpar” informações.

Olha, o que eu postei não tem nada a ver com a criança. Foi uma morte muita prematura. Eu jamais iria falar a respeito de uma criança indefesa, que não tem nada de mal. Gente, eu sou do bem… Eu fui mal interpretada. Peço até desculpas pela má colocação. Talvez eu não tenha conseguido repassar o que queria. Não me arrependo do que eu queria dizer, mas acho que fui mal interpretada porque alguns veículos de comunicação deturparam o que eu disse”…

Imprensa deturpou? Quem publicou?

Olha, não falo nem de vocês aí do OitoMeia não… a matéria de vocês estava correta. Foi o pessoal do Meio Norte, até falei com o Arimateia Carvalho, e o Portal Az, do Arimateia Azevedo. Até já falei… Colocaram como se eu estivesse comemorando a morte do neto do Lula. Eu jamais faria isso. Sou cristã. Interpretaram errado. Olha, já que essa matéria é para esclarecer o que eu disse, troque o que eu postei, no lugar de “vingança de Deus” coloquem “castigo de Deus”. O que eu quis dizer é que o Lula está sofrendo pelos vários pecados, pelos crimes que cometeu e isso é uma mensagem de Deus sim. Passei por uma situação parecida com a da Damares Alves (ministra da Mulher e Direitos Humanos) e do Ricardo Velez (ministro da Educação).

Troque o que eu postei, no lugar de “vingança de Deus” coloquem “castigo de Deus”. O que eu quis dizer é que o Lula está sofrendo pelos vários pecados, pelos crimes que cometeu e isso é uma mensagem de Deus sim

Comparação com os dois ministros do governo Jair Bolsonaro?

A ministra Damares falou daquela questão de meninos vestirem azul e meninas vestirem rosa. É uma coisa óbvia. Ela não está sendo preconceituosa. Você tem uma filha nascendo, você veste ela de rosa. Mas aí criaram toda uma polêmica. A mesma coisa foi quando o Ricardo Velez falou sobre o brasileiro que vai para o exterior e rouba alguma dessas coisas mais pequenas de um hotel. Claro que nem todo brasileiro faz isso, mas uma grande parte sim. Mas aí tem uma parte da imprensa que deturpa… foi o que fizeram com o que eu comentei. So que meu Facebook é aberto, liberado…

A senhora apagou a postagem e outras que inclusive se defendia. Não foi por arrependimento?

Não, não foi. Como eu expliquei, fui mal interpretada. E apaguei depois de ouvir conselhos de pessoas amigas, familiares… minha mãe me pediu, meus irmãos me pediram… podia me causar problemas. No pensamento a gente não é unanimidade. Eu sou uma artista, tenho uma imagem muito boa com a população. As pessoas gostam do que eu faço. E fui atacada nas redes sociais. Me atacaram, de forma muito agressiva. Deixei para lá. Apaguei e não vou comentar mais. Só esta entrevista para vocês… Mas fui muito atacada. E olha, a maioria dos ataques partiu de pessoas de esquerda, de gente do PSOL, do PT, do PCdoB… É que faz tempo sou crítica do Lula, de todo e qualquer político corrupto. E vou seguir sendo assim. Não é uma questão de ser de direita, nem de esquerda… nós somos brasileiros. Temos que ser Brasil!

Faz tempo sou crítica do Lula, de todo e qualquer político corrupto. E vou seguir sendo assim. Não é uma questão de ser de direita, nem de esquerda… nós somos brasileiros

Voltando ao ponto em que a senhora diz que não devia ter dito que foi uma “vingança de Deus”, mas sim um “castigo de Deus”, a senhora pode explicar melhor o que quis dizer?

Exatamente. O que eu quis passar é que o Lula está pagando na terra pelos vários crimes que cometeu. O Lula já perdeu a esposa, o irmão e agora o neto… o que eu acho que o ex-presidente devia fazer era uma reflexão. Mas parece que ele não faz. Ele segue dizendo que é inocente. Mas o Brasil sabe que não é. Seria muito melhor o Lula pedir desculpa a Nação. Olha, eu acredito que a pessoa colhe o que planta. Aqui na terra e na questão espiritual também. Eu tentei explicar isso na minha postagem, mas as pessoas entenderam errado. Mas o que eu queria dizer era isso. Não estou desejando o mau. Mas o que ex-presidente fez vem tendo consequência inclusive divina.

A senhora se sentiu mal com as várias mensagens e comentários negativos contra a sua pessoa depois da sua postagem?

Eu fui bombardeada, massacrada, atacada e de forma as vezes muito agressiva. Foi o que também me fez apagar tudo e não comentar mais nada. Veio gente que nem é do meu convívio, não é do Piauí. O Piauí me conhece, as pessoas daqui sabem que sou uma artista. Mas gente que nem sabe o que eu faço me atacou, de forma agressiva, covarde… me chamaram de tudo que é nome, de velha, de tudo… teve gente falando que é porque eu não tenho filhos… eu não tenho filhos, mas tenho sobrinhos que ajudei a criar. Mas olha, bloqueei todas as pessoas que escreveram tantas agressões. Não são do meu convívio. E nem quero ter na minha página no Facebook, que eu mantenho aberto ao público. Até porque sou uma figura pública como artista, que é o meu trabalho.

O que eu quis passar é que o Lula está pagando na terra pelos vários crimes que cometeu. O Lula já perdeu a esposa, o irmão e agora o neto… o que eu acho que o ex-presidente devia fazer era uma reflexão. Mas parece que ele não faz. Ele segue dizendo que é inocente

A senhora pretende acrescentar algo?

Sim, gostaria de encerrar fazendo um apelo. Pela pacificação do País. Este tipo de agressão, insulto, não leva a nada… temos que querer o bem do Brasil, do povo brasileiro… Não se pode denegrir a imagem das pessoas de graça. Nós somos brasileiros, somos patriotas. Vamos trabalhar juntos pela união do nosso País. E a união faz a força. Muito obrigada.

Fonte: Carla Ramos e portal Oitoemeia

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Pular para a barra de ferramentas