Piauí

Elmano assinou requerimento para a “CPI da Lava Toga”, Ciro e Marcelo Castro não assinaram

Senadores em sua maioria estão envolvidos na Lava Jato e por isso não querem assinar

Foi protocolado na tarde desta terça-feira (19/03) pelo senador Alessandro Vieira (PPS), com 29 assinaturas, o requerimento para criação da Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar questões procedimentais do trabalho de ministros dos tribunais superiores, apelidada de CPI da Lava Toga.

É a segunda tentativa em emplacar a comissão no Senado. Na primeira tentativa, congressistas acabaram recuando e retirando assinaturas. Desta vez, duas a mais que o necessário foram coletadas.

Da bancada do Piauí, apenas do senador Elmano Férrer (Podemos) assinou o documento. Ciro Nogueira(PP) e Marcelo Castro (MDB), não assinaram.


Senador Ciro Nogueira (PP)


Marcelo Castro (MDB)

No requerimento, é mencionada a necessidade de apurar fatos como casos de juízes atuando em processos para os quais deveriam se declarar suspeitos ou impedidos; exercendo atividade comercial simultânea à atuação na magistratura; recebendo dinheiro por palestras para escritórios de advocacia; revertendo liminares em “tempo recorde”; incorrendo em “uso abusivo” de pedidos de vista; e até recebendo propina, entre outras atividades consideradas contestáveis.

Ontem, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), se colocou contra a CPI. “Não vejo neste momento uma CPI do Judiciário e dos tribunais superiores. Não vai fazer bem para o Brasil”, afirmou em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura.

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Pular para a barra de ferramentas