Geral

Hospital Infantil tem déficit de R$ 500 mil por mês, dizem deputados ao fazem vistoria

O líder do governo, deputado Francisco Limma, afirma que "o Estado tem 35 hospitais

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Piauí realizou vistoria no Hospital Infantil Lucídio Portela nesta segunda-feira  (01). Os deputados denunciam a estrutura precária do local e déficit mensal de R$ 500 mil.

O deputado Gustavo Neiva (PSB) afirma que as dificuldades financeiras prejudicam o atendimento aos pacientes. Ele pede respostas ao governo do Estado. “Tem uma deficiência porque o prédio é muito antigo e precisa urgentemente de uma intervenção. As enfermarias precisam de climatização, os pacientes estão mal acomodados e há deficiência de medicamentos. Há um déficit mensal de R$ 500 mil.  Se não corrigir esse problema, o déficit vai se acumulando e vai ter uma hora que vai entrar em colapso”, disse o deputado Gustavo Neiva.

A deputada Teresa Britto destacou a precariedade da estrutura do hospital. Segundo ela, a falta de climatização é um problema que se arrasta desde 2016. “Faltam alguns medicamentos para regularizar e ter um melhor atendimento. A climatização é um problema que se arrasta desde 2016. Nada mudou ainda e o governo não apresenta uma reforma”, disse.

Há a previsão da liberação de emenda de R$ 6 milhões do senador Ciro Nogueira para o hospital, mas de acordo com o diretor, Vinícios Pontes, a burocracia emperra o processo. “A emenda já se encontra na conta, mas segue o processo de licitação. O déficit sempre existiu e agora gira em torno de R$ 500 mil, mas governo tem mostrado interesse em resolver”, afirmou.

O líder do governo, deputado Francisco Limma, afirma que “o Estado tem 35 hospitais. Desses 20 estão em boa situação; 10 estão medianamente. Alguns passam por reformas e cinco têm mais dificuldades. O Hospital Infantil tinha recursos federais e alguns não destacaram. Passa por reforma e a Secretaria de  Saúde para destravar a burocracia. Em poucos dias teremos o hospital funcionando a pleno favor. Acredito que em pouco tempo será um hospital de referência”, declarou.

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Pular para a barra de ferramentas