Entretenimento

Estupro coletivo de Castelo vira peça e está em cartaz em SP estrelado por Debora Falabella

O espetáculo Neste Mundo Louco, Nesta Noite Brilhante é da dramaturga Silvia Gomes

Está em cartaz, em São Paulo, o espetáculo “Neste Mundo Louco, Nesta Noite Brilhante”, da dramaturga Silvia Gomes. A história começou a ser escrita após o caso de estupro coletivo ocorrido em Castelo do Piauí, em 2015.

“Eu parti desse incômodo, e depois vieram outros casos. A cada dez minutos uma mulher é vítima de estupro no Brasil”, diz Gomes em entrevista à Folha de São Paulo.

O espetáculo é encenado pelo Grupo 3 de Teatro, formado por Yara de Novaes, Débora Falabella e Gabriel Fontes Paiva.

A dramaturga conta ainda que por se tratar de um assunto denso, pesado, optou pelo caminho do “simbólico, pelo distanciamento e até pelo humor, que é uma forma de sobrevivência”.

A história se passa em uma rodovia imaginária. Nela há uma vigia, interpretada por Yara de Novais, que encontra a personagem de Falabella, vítima de estupro coletivo.

As duas entram numa viagem pela noite, onde debatem dores e delírios. No espetáculo, música e luzes são complementos da história, elementos que por muitas vezes reforçam a ideia de violação.

“É um trabalho que fala de um sintoma maior que o estupro, a violência contra a mulher faz parte de algo mais amplo, complexo”, diz a autora.

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Pular para a barra de ferramentas