Geral

Teresina é a 4ª cidade do Nordeste em investimentos com R$ 234,5 milhões

A pesquisa também leva em consideração as despesas com educação nos municípios

Teresina ocupa o quarto lugar entre as capitais do Nordeste avaliadas quanto ao volume de recursos investidos no ano de 2018. Dados do anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, divulgado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), apontam que o município realizou R$ 234,5 milhões em investimentos no ano passado.

A capital piauiense segue com o maior investimento per capita no valor de R$ 272,32, mesmo tendo contabilizado uma queda com relação aos valores de 2017, quando a cidade contabilizou R$ 312,1 milhões em investimentos.

“Das dez cidades que mais investem, a capital piauiense é a que tem o maior valor per capita, ultrapassando Recife e Fortaleza. São investimentos em obras nas áreas de educação, lazer, saúde e mobilidade urbana que contribuem para a qualidade de vida dos moradores da nossa cidade”, ressalta o prefeito Firmino Filho, que é segundo vice-presidente da FNP.

A pesquisa também leva em consideração as despesas com educação nos municípios. Neste quesito, Teresina apresentou gasto de R$ 509,9 milhões e teve 88.786 mil matrículas na rede municipal em 2018. Além disso, o município aparece com o menor custo em despesas com educação por aluno entre as capitais do Nordeste, com um valor total de R$ 5.743,03 mil.

O resultado divulgado pela FNP é a compilação de dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e do IBGE, com análise dos principais itens da receita e despesa municipal, onde estão ISS, IPTU, ICMS, FPM, despesas com pessoal, investimento, dívida, indicadores de saúde e desempenho na educação.

“Produzida em um momento de extrema importância para a repactuação federativa do país, esta edição também traz números e conteúdos fundamentais para os debates. As propostas de reforma previdenciária e tributária, além da preservação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), são temas que estão na pauta e demandarão posicionamento dos governantes”, destaca o Presidente da FNP, Jonas Donizette.


Fonte: Com informações da PMT
Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Pular para a barra de ferramentas