Piauí

Governo do Estado divulga novo edital de licitação para obras paralisadas do Centro de Convenções

Após reformulações técnicas novo edital é liberado e sessão será realizada dia 10 de dezembro

Depois de serem gastos verdadeiras fortunas, a Superintendência de Parcerias e Concessões do Estado (Suparc) disponibiliza novo edital de licitação para a concessão do Centro de Convenções de Teresina. O projeto que tem parcerias com o setor privado está novamente a disposição do mercado, após passar por reformulações técnicas e econômico-financeiro.

No dia 10 de dezembro será realizada a sessão de licitação, às 9h, no auditório da Secretaria de Estado da Administração e Previdência (Seadprev), que fica localizada no Centro Administrativo. A empresa contratada ficará responsável por modernizar, operar e manter o equipamento do Centro de Convenções por 20 anos. O espaço que fica localizado no centro de Teresina, fica próximo a redes de hotéis, restantes e a dez minutos do aeroporto.

De acordo com a superintendente de Parcerias e Concessões do Estado, Viviane Moura, o objetivo da parceria é o foco na operação dos equipamentos. “A obra é meio para que a gente atinja esse objetivo. Então, conseguimos tirar alguns excessos que pesavam muito no Capex de investimento e acredito que agora está bem mais atrativo e vai atender o que a sociedade espera”, conta a superintendente.

Confira o edital no site www.ppp.pi.gov.br ou na sede da Suparc, localizada na Av. Pedro Freitas, s/nº, Bloco I, 2º andar – Centro Administrativo, das 07h30 às 13h30. Os interessados devem portar mídia digital.

Matéria vinculada em 08/05/2015

A Secretaria de Turismo do Piauí (Setur) anunciou que as obras de reforma do Centro de Convenções de Teresina vão ser retomadas. Uma comissão técnica foi criada no início deste mês especialmente para cuidar das obras, que foram iniciadas há sete anos, mas que estão paralisadas desde 2010, quando foi embargada.

Os serviços de limpeza do local já foram iniciados pela mesma empresa que retomará as obras. O secretário estadual de turismo, Flávio Nogueira, disse que a obra custará cerca de R$ 20 milhões e garantiu que parte desses recursos, oriundos do Ministério do Turismo, já está assegurada.

Segundo ele, foi preciso readequar as obras ao projeto original para que a reforma do Centro de Convenções pudessem ser retomadas. Nogueira alegou que o descumprimento do projeto inicial foi o motivo da paralisação que já dura praticamente cinco anos e revolta os piauienses.

“Foi por causa disso que no início houve todo esse problema. O projeto não foi seguido devidamente e houve o embargo. Foi feita uma pilastra num lugar indevido”, disse o secretário.

Apesar do tempo em que ficou parada, Flávio Nogueira garantiu que não houve prejuízos estruturais na obra e prometeu que dessa vez a polêmica obra não vai parar.

“É uma determinação do governador Wellington Dias para que a Secretaria de Turismo realize esse sonho do piauiense o mais rápido possível”, concluiu o secretário.

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Pular para a barra de ferramentas