Política

Secretária do Meio Ambiente diz que “Zoobotânico é ultrapassado e a ideia é criar Ecoparques”

Sádia Castro diz que a ideia é transformar o Zoobotânico em Ecoparques

A Secretária do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAR), Sádia Castro, esteve na manhã desta quinta-feira, 28, na Assembleia Legislativa do Piauí para discutir pautas ambientais do Estado,  e revelou ela, que a ideia é transformar o Zoobotânico em Ecoparques. O governo anunciou que vai trabalhar a Parceria Público Privado (PPP) na gestão do parque Zoobotânico, um dos maiores do Nordeste.

“Essa ideia de Zoobotânico é uma ideia que já foi muito ultrapassada em outros países. O que existe são os Ecoparques. Animais em cativeiro é uma ideia que não se vislumbra mais. Não é soltar os animais, a ideia é que não se renove mais animais em cativeiro”, explicou Sádia Castro.

O parque passa por uma série de problema estruturais. Desabamento de telhados, lixo e mato estão entre as reclamações dos visitantes.   A Ordem dos Advogados do Piauí Seccional Piauí pediu a imediata interdição do Parque Zoobotânico de Teresina diante da “situação de abandono do local”, que se arrasta por meses, segundo o presidente da Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor, o advogado José Augusto Mendes. O pedido foi encaminhado ao Ministério Público do Piauí.

“O Zoobotânico realmente precisa passar por um processo de revitalização. O Zoobotânico é um espaço muito grande, é o maior parque urbano do Nordeste. São 107 hectares”, alegou a secretária Sádia.

CPI do Óleo 

Para a secretária , a ideia da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Óleo é bem-vinda em um cenário de demora na identificação da fonte das manchas que contamina praias do Nordeste. Ela aponta que o desastre pegou de surpresa até mesmo os órgãos federais. “O Brasil já sofreu outros acidentes com derramamento de óleo. Nem mesmo a Petrobrás, nem mesmo a Agência Nacional de Petróleo tem protocolo para lidar com esse óleo. Esse desastre vai provocar uma reflexão, uma mudança, em todos os protocolos do Brasil com relação à questões marítimas”, pontuou Sádia.

Veja o vídeo

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Pular para a barra de ferramentas