Esporte

Juiz concede prisão domiciliar a Ronaldinho Gaúcho e ao irmão, Assis, no Paraguai

Advogados de defesa pagaram fiança no valor de 1,6 milhão de dólares para soltar a dupla

Um juiz paraguaio concedeu prisão domiciliar ao ex-craque Ronaldinho Gaúcho, que deverá continuar a responder o processo por uso de passaporte adulterado no Paraguai. O jogador ficará em um hotel em Assunção, como informaram fontes judiciais nesta terça-feira.

Nessa segunda-feira, Ronaldinho Gaucho completou um mês de prisão na Agrupação Especializada de Assunção. A medida também beneficia o irmão Roberto de Assis Moreira.Os advogados de defesa pagaram fiança no valor de 1,6 milhão de dólares para os dois brasileiros.

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Pular para a barra de ferramentas