Piauí

CRM suspende procedimentos cirúrgicos eletivos por falta de kit de entubação e medicamentos

No documento, o  CRM-PI recomenda, aos médicos piauienses, a manutenção da suspensão das cirurgias até que sejam regularizados os estoques das medicações

Devido a falta de equipamentos e medicamentos, o Conselho Regional de Medicina do Piauí (CRM-PI) expediu, nesta segunda-feira (27), recomendação para que os médicos mantenham a suspensão dos procedimentos cirúrgicos eletivos nos hospitais públicos de todo Estado. A preocupação do conselho é com o baixo estoque dos chamados “kit entubação”, que são medicações usadas para sedar pacientes nos centros cirúrgicos.

No documento, o  CRM-PI recomenda, aos médicos piauienses, a manutenção da suspensão das cirurgias até que sejam regularizados os estoques das medicações Midazolam, Fentanil, Noradrenalina, Dopamina, Atracúrio e Rocurônio.  A presidente do CRM, Mirian Palha Dias, informou para a imprensa que com o desabastecimento foi alertado à entidade por anestesistas e intensivistas que estão atendendo pacientes com Covid-19 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

“Os pacientes com Covid utilizam muito essas medicações. A gente recomenda que os locais que estão com essa dificuldade de compra, porque está havendo mesmo um problema de produção e não estão conseguindo fazer essas compras em um quantidade adequada , mantenham a suspensão de cirurgias. A preocupação é que o estoque acabe já que há uma demanda reprimida de cirurgias”, explica a presidente.

Quanto aos hospitais da rede privada,  o CRM recomenda  que o diretor técnico proceda à atestação da suficiência dos medicamentos citados, encaminhando o respectivo relatório ao conselho, podendo retomar a realização das cirurgias eletivas no estabelecimento de saúde sob sua responsabilidade, visando a segurança do ato médico e do paciente.

“O CRM está adotando as medidas necessárias junto aos órgãos e autoridades competentes e, como forma de unir forças para contornar mais esta situação, solicitamos o empenho, o comprometimento ético e a sensibilidade de todos os médicos piauienses no sentido de atenderem ao disposto na presente Recomendação, ressaltando novamente que se trata de um cenário urgente e provisório”, diz a recomendação.

Cirurgias suspensas

A secretaria de Estado da Saúde informou que ainda não há um prazo para que as cirurgias eletivas voltem a ser realizadas nos hospitais estaduais.

Sobre a falta de medicamentos, a Sesapi afirma que montou um comissão especial, junto com o representante do Conselho Federal de Farmácia, para tentar viabilizar essas compras, mas o problema é a falta de estoque no mercado. A Secretaria também participa de um processo de compra do Governo Federal.

Tags
Mostrar Mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Pular para a barra de ferramentas