Policial

Polícia chega na casa de suspeito de ter matado Aretha Dantas em Teresina

Polícia está na captura de suposto matador da cabeleireira

A polícia civil depois de várias digilências chegou nesta tarde desta quarta-feira (16/05, na casa de um suspeito de assassinar a cabeleireira Aretha Dantas Claro, encontrada morta a facadas e depois atropelada na avenida Maranhão, Zona Sul de Teresina.

Acompanhe como foi a transmissão ao vivo do local

O cerco foi montado na residência localizada bairro Parque Poty, Zona Sudeste de Teresina. O homem não estaria na residência e um cão da casa foi retirado para a entrada da polícia, que verifica um veículo que está na garagem.

Policiais civis, militares, peritos e delegados estão no local.

O suspeito do crime é ex-companheiro de Aretha. Ela terminou o relacionamento há cerca de três meses, mas ele não aceitava a separação. Ela teria recebido várias ameaças para que reatassem.

Segundo a delegada Luana Alves, do Núcleo de Feminicídio, tudo indica que o homem identificado como Paulo Alves Santos Neto é o autor do crime. “Tudo indica que aqui foi o local do crime, aqui tem muito sangue, carro está sujo de sangue. A casa está totalmente bagunçada, as agressões ocorreram aqui. Certamente esse é o carro que ele usou para deixá-la na avenida Maranhão”.

Cabeleireira foi assassinada de forma brutal
Cabeleireira foi assassinada de forma brutal  

O corpo da mulher foi encontrado na Avenida Maranhão, próximo à Ponte Nova, na Zona Sul de Teresina, com várias facadas, além de ter sido atropelada. No corpo da vítima havia cerca de 20 perfurações e o couro cabeludo estava arrancado por conta do atropelamento.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close