Piauí

Bandidos roubam parte do apurado com a Caminhada da Fraternidade

Policiais continuam fazendo diligências para prender os bandidos

Bandidos usam veículo de coordenadores da Caminhada da Fraternidade durante o roubo do dinheiro arrecadado na venda de Kits. Equipes da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) encontraram o veículo abandonado nas proximidades da Avenida Senador Arêa Leão, zona Leste de Teresina, na tarde desta terça-feira.

Segundo a Secretaria de Segurança, equipes da Força Tarefa e da Polícia Civil estão no local onde o carro, um Pálio branco de placa PIH 2599, foi encontrado. A SSP-PI informou ainda que segue investigando para localizar e prender os autores do crime.

Carro abandonado pelos criminosos. (Foto: Divulgação/SSP)

Matéria original

Um carro da empresa Lokal Rent a Car foi roubado nesta terça-feira (12) com parte do dinheiro arrecadado na Caminhada da Fraternidade, que ocorreu no último domingo (10). No veículo estavam Irene Nogueira, co-criadora da campanha, e um homem identificado como Cassiano. Os dois chegaram a ser feitos de reféns, mas foram liberados em seguida.

A reportagem do portal O DIA apurou que foram levados aproximadamente R$ 25 mil.


Foto: Moura Alves/ODIA

Um áudio enviado pelo Padre Tony Batista para alguns grupos de WhatsApp confirma a informação. “Aconteceu, mas a Irene e o Cassiano estão bem. Vão-se os anéis, ficam os dedos. Serenidade e tranquilidade. Não é o assaltante que vai crescer, é a nossa fé e a nossa esperança. O trabalho foi feito. Deus proverá”, diz o organizador da Caminhada. “Tudo isso é fruto da corrupção e as consequências são os pobres de sofrem”, lamenta o padre.

O dinheiro roubado seria depositado no Banco do Brasil da avenida Jockey Clube, na zona Leste de Teresina. O carro em que estava o dinheiro, um Pálio branco de placa PIH 2599, foi abordado na porta da agência por quatro assaltantes armados que estavam em um Corolla.

Este ano a caminhada reuniu cerca de 70 mil pessoas. O tema “Diferenças, nós respeitamos” está em conformidade com o tema da Campanha da Fraternidade, “Fraternidade e Superação da Violência”. A Arquidiocese de Teresina entende que pra combater a violência é preciso superar as diferenças.

O kit para participar do evento custava R$ 25,00. O dinheiro arrecado era para ajudar entidades que prestam auxílio a pessoas carentes. A Arquidiocese ainda não confirmou qual o valor roubado pelos assaltantes, mas a informação preliminar é de que tenha sido apenas a quantia arrecadada pela Paróquia de Fátima.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo