Política

Assis Carvalho diz que vaga de vice de Wellington vai ficar com o MDB

Deputado acredita que governador já fez sua opção para a vice

A afirmação saiu da boca de um dos caciques do PT no Piauí , o deputado federal e presidente estadual do PT, Assis Carvalho. Ele disse que o cargo de vice-governador, hoje ocupado por Margarete Coelho (Progressistas), já está nas mãos do MDB.“Acredito que o MDB deverá ter vaga na chapa majoritária e acredito que vai ser a vice [governadoria]”, declarou ele em entrevista concedida à TV Cidade Verde, na tarde desta segunda-feira (18).

O petista reiterou ainda que o resultado final acerca das estratégias para a disputa do pleito majoritário e proporcional que só sairá em julho, durante reunião (entre os dias 27 e 28) com o colegiado do partido. Até lá, segundo Assis, a sigla continuará reivindicando a última vaga de senador do bloco governista para Regina Sousa.

“O que colocamos de forma reiterada é a necessidade da reeleição da nossa senadora Regina Sousa. Isso aí é público. O que reivindicamos é a sua reeleição. Se formos convocados para essa decisão, que cabe muito ao governador, a gente senta à mesa e discute”, ressaltou Carvalho.

Para a disputa da eleição proporcional o objetivo também segue sendo o mesmo: sair em chapa independente, e não no chamado “chapão”, como pretende a maioria dos aliados de Wellington Dias.

Ao tratar do assunto chapão, inclusive, Assis Carvalho aproveitou para criticar o MDB.

“Só quem está mesmo fazendo um debate mais duro, dizendo que quer porque quer o chapão, é o MDB; nenhum outro partido faz ameaça dizendo que vai deixar a aliança com o governador se não for atendido. Eu acho que não deveria fazer isso. Acho que um partido que tem praticamente 30 anos conduzindo a Assembleia, se não tiver a condição de organizar uma chapa sozinho, tem alguma coisa errada”, disparou ele.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close