Internacional

Taxa de mortalidade infantil no Piauí cresceu mais que a média nacional, informa a Folha de SP

O Piauí´e outros cinco estados ultrapassaram a média nacional na taxa de mortalidade infantil

Segundo dados do Ministério da Saúde, em um levantamento feito pelo jornal Folha de São Paulo, a taxa de mortalidade infantil voltou a subir no Brasil, após 26 anos. Os números são referentes ao ano de 2016.

O Piauí integra o rol dos estados em que as mortalidades ultrapassaram a média nacional juntamente com mais 5 outros estados: Amapá, Amazonas, Bahia, Pará e Roraima. A média nacional contabiliza um aumento de cerca de 5% nas mortalidades infantis, enquanto o Piauí somado aos outros estados tiveram mortalidade média de 19,6%, o que representa um aumento de 14,6%.

Os motivos, segundo os especialistas entrevistados pela Folha, são a crise econômica e o vírus da Zika. Junto a isso, a redução no número de nascimentos agravou os números. Com a redução de recursos e a estagnação de programas sociais mortes associadas a diarreias e pneumonias  foram as grandes causas de mortalidade infantil.

Os únicos estados que registraram queda na taxa de mortalidade infantil referente ao ano de 2016 foram Rondônia, Acre, Rio Grande do Norte, Alagoas, Paraná, Santa Catarina e Distrito Federal.

Maternidade Dona Evangelina Rosa

A falta de estrutura da maior maternidade do Piauí também contribui para os altos números da taxa de mortalidade infantil no Piauí. Em junho, uma comissão de fiscalização visitou a maternidade e constatou problemas na estrutura física e falta de medicamentos e materiais para exames. No mesmo mês, três casos de mortes de mulheres por infecção foram confirmados pela promotoria.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close