Política

“Ajudei [W.Dias] nos momentos mais difíceis em que queriam degolar o governador”

Em entrevista à TV Meio Norte, nesta quintaa-feira, 19, Themístocles Filho fez questão de ressaltar o quanto foi importante para o governador Wellington Dias, como presidente da Assembleia Legislativa do Piauí.

“O que eu fiz muito, mas muito mesmo, foi ajudar o governador Wellington Dias e o estado do Piauí na Assembleia. Fui até líder dele, sem ser”, destacou o deputado, que teve a expectativa de sua indicação como pré-candidato a vice-governador frustrada nos últimos dias, por decisão do próprio petista.

Destacou que foi a “mão que ajudou o governador”, nos momentos que diz “mais difíceis”, “em que queriam degolar o governador”.

E ressalta: não tem muito tempo que precisou agir em defesa do petista.

Versão Marcelo Castro

Antes de uma reunião com a cúpula do MDB, na sede do partido na zona Leste de Teresina, o deputado federal Marcelo Castro comentou a proposta feita pelo governador Wellington Dias, que acaba tirando Themístocles Filho da composição majoritária.

Ontem, Dias comunicou que pretende indicar Regina Sousa como pré-candidata a vice-governadora, e contemplar o MDB não só com a formação do chapão, mas também com a vaga de Senado, mas para Marcelo Castro.

O deputado manifestou desejo de o MDB aceite a proposta de Dias, e afirmou que seria uma honra disputar o Senado, mas garantiu que a decisão está nas mãos do partido.

Ele cogitou ainda a possibilidade de que uma contraproposta seja apresentada pelo partido, e que ainda há tempo para o MDB tomar sua decisão. Negou ainda que o governador tenha dado uma rasteira em Themistocles, já que em todas as vezes que falou sobre a participação do MDB na chapa majoritária, não chegou a confirmar o nome do deputado estadual.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close