Cidade

Silvio Mendes pede exoneração da FMS por pressão política, diz rádio calçada

Sílvio já havia dito que não se envolveria em política em 2018

O ex-prefeito de Teresina Silvio Mendes (PP) pediu a exoneração da presidência da Fundação Municipal de Saúde. Não aguentou a pressão política e deixou o cargo.

Ele comunicou a saída, mas não quis dar detalhes sobre a decisão, apenas que sai sem atrito e que a equipe tem capacidade de dar continuidade aos trabalhos e que não faria falta.

Silvio Mendes assumiu a pasta pela segunda vez em 2016 e o prefeito Firmino Filho teve que acatar suas exigências, como a unificação da fundação, que estava dividia em duas.

Ele, que era do PSDB e se filiou ao PP, preferiu não disputar as eleições deste ano e até o momento também não divulgou apoio.

Há quem diga que a pressão para apoiar Lucy Silveira, esposa do prefeito, que também é do PP, teria motivado o atrito.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close