Piauí

Governo do Piauí diz que obra da nova Barragem de Algodões é incluída no PAC

A barragem Algodões I represava o rio Pirangi e atendia a população de vários municípios

O governador Wellington Dias (PT), recebeu nesta quinta-feira, durante reunião em Brasília, a garantia do secretário executivo do Ministério da Integração Nacional, Gustavo Canudo,  de inclusão da nova barragem Algodões no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal. De acordo com o chefe do executivo estadual, essa semana era decisiva para a inclusão de obras no PAC, e a obra da Barragem de Algodões é uma das prioridades para o estado.

Dias aproveitou pra destacar o trabalho da Bancada Federal Piauiense e o interesse em que esta obra seja retomada e concluída. “Vamos trabalhar a celebração desse compromisso, mas também a garantia de recursos junto ao Congresso Nacional para o ano de 2019. Essa obra havia sido iniciada no Governo da Presidente Dilma e o presidente Temer vai dar continuidade. É uma obra que tem um aspecto econômico e social importante. Social por que com a ruptura da Barragem antiga e a paralisação das obras, milhares de pessoas dos municípios de Cocal, Bom Principio, Buriti dos Lopes (dentre outros municípios) ficaram prejudicadas”, comentou.

Imagem relacionada

O reservatório original se rompeu em maio de 2009. A barragem Algodões I represava o rio Pirangi e atendia a população de vários municípios. O projeto da Nova Barragem de Algodões tem armazenamento previsto de 50 milhões de metros cúbicos. Além de água para o consumo humano e de animais, a Barragem é importante na implementação da agricultura familiar. O órgão que está cuidando da implantação do projeto é o IDEPI. “Nossa equipe vai cuidar para completar toda a parte técnica” disse Wellington Dias.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close