Piauí

Ciro Nogueira fala de “divergência” com Themístocles e confirma união com o PT

Ciro demarca apoio na Alepi para eleger presidente da Casa em 2019

O senador Ciro Nogueira reagiu às declarações do deputado João Madison (MDB), que acusou os progressistas de se unirem ao PT na tentativa de derrotar o deputado Themístocles Filho (MDB) na disputa pela presidência da Assembleia. Ciro confirma existir divergências políticas com Themístocles.

Ele também  confirma a união com o PT e outros partidos para lançar um nome adversário ao emedebista. Ciro evita falar em “bloco” e diz que esses partidos estão juntos desde 2014. Em 2015, o PT lançou o deputado Fábio Novo (PT) candidato a presidente da Assembleia e foi derrotado por Themístocles.

“Em minuto nenhum estamos montando bloco para retirar ninguém da presidência. Estamos montando um bloco que já existe desde 2014. Estamos montando um bloco que esteve junto desde a eleição de Fábio Novo para presidente em 2015. Na época perdemos para esse grupo de Firmino Filho. Hoje a prioridade é está junto com o PT é e outros partidos como o PDT e outros partidos em um bloco suprapartidário”, disse.

O presidente nacional do Progressitas elenca os motivos que o levam a não apoiar a reeleição de Themístocles na presidência da Casa. “Em minuto nenhum queremos retirar alguém do comando. Queremos é eleger alguém que represente o que pensamos da Assembleia. Hoje é uma Assembleia inchada, voltada para quem não tem mandato. Ela devia ser voltada para as pessoas que estão no exercício do mandato. Essa é a minha grande divergência com o presidente Themístocles”, explicou.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close