Cidade

Charles da Silveira assume FMS no lugar Silvio Mendes e cobra repactuação de recursos

Teresina tem prejuízos a atender pacientes de outras cidades e estados

Charles da Silveira tomou posse como presidente da Fundação de Saúde (FMS) de Teresina, em cerimônia no Palácio da Cidade, nesta sexta-feira (26). Na ocasião, ele defendeu a repactuação da distribuição dos recursos de Saúde para Teresina.

Segundo ele, Teresina tem prejuízos a atender pacientes de outras cidades e estados, já que o dinheiro repassado não corresponde ao que realmente é gasto.

“Assumimos a Fundação com o compromisso de melhorar o atendimento das Unidades Básicas de Saúde, de nossos hospitais e o Hut”, disse.

Charles defende o diálogo entre os entes públicos. “Isso só será possível se dialogando com o governo do Estado e com os entes participando de forma efetiva da gestão dessas unidades. Temos um corpo qualificado que busca atender as demandas e necessidades da nossa população. Temos consciência das deficiências que são fruto do co-financiamento . Atendemos uma quantidade imensa de pessoas que são de outros municípios e precisamos rediscutir a forma de um processo de participação dos municípios onde atendemos muita gente do interior. Os estados e municípios devem ajudar”, afirmou.

O novo presidente da FMS pede a colaboração de todos. “Existe um pacto firmado que há uma distribuição pela quantidade de pessoas de cada municípios que são atendidas por Teresina. E quando um município X que repassa a Teresina o equivalente a cinco cirurgias torácicas quando na verdade são feitas 15 ou 20. E Teresina tem um prejuízo com os gastos efetivados. Queremos um repactuação da redistribuição desses recursos”, destacou.

O prefeito destacou a experiência de Charles da Silveira para assumir o cargo de presidente da Fundação. “É importante a chegada do Charles da Silveira porque leva toda a experiência e bagagem que possui. Tem um currículo impressionante. Passou por vários cargos. Tem experiência no setor público e privado. Ele vai para saúde que precisa dessa visão de gestão. Uma gestão integrada com os outros entes. Com as outras prefeituras e estados”, disse.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close