Piauí

Merlong Solano diz que deputados não vão comandar secretarias

Secretário diz que governo vai chamar poucos suplentes

Pelo jeito o governador Wellington Dias, agora empossado para mais quatro anos de mandato vai jogar duro. Uma reforma administrativa vem mesmo por ai prevista para o mês de fevereiro. Assim afirmou durante entrevista a um canal de televisão,  o secretário interino de governo Merlong Solano.

Segundo ele o governador Wellington Dias (PT) vai evitar ao máximo convocar suplentes de deputado estadual para assumir secretarias no governo e apertar o sinto para os terceirizados também, que devem ser reduzidos.

“Teremos uma quantidade muito menor de deputados sendo chamados. O governador vai anunciar. O que posso dizer é que será um número muito menor”, afirmou em entrevista.

Merlong é 1º suplente de deputado federal e deve assumir o cargo no lugar do deputado Fábio Abreu (PR), que provavelmente voltará para a Secretaria de Segurança. Segundo o gestor, a diminuição no número de suplentes acaba com o conceito de que deputados têm direitos a comandar secretarias.

“Enfraquece aquele conceito de que cada parlamentar tem direito a uma secretaria. É um governo amplo e não há como manter essa tradição antiga. O parlamentar será contemplado dentro da linha de governo de levar mais ações para as suas bases”, finalizou.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo