Cidade

SAE já realizou mais de 700 atendimentos a pessoas com AIDS em 2019

O SAE fica no Lineu Araújo, no Centro de Teresina aberto diariamente

“Todos que tem vida sexual ativa devem fazer o teste rápido e, se der positivo, saibam que tem medicamento para controlar a proliferação do vírus da AIDS. Abram os olhos, pois o tratamento existe”, alerta jovem de 26 anos que prefere não se identificar. Ele é um dos usuários beneficiados pelo Serviço de Atenção Especializada (SAE), que fica no Centro de Saúde Lineu Araújo, estabelecimento mantido pela Prefeitura de Teresina. Somente em janeiro de 2019, 719 atendimentos a pessoas com HIV/AIDS foram feitos no local.

O jovem descobriu que tinha o vírus HIV há dois anos e começou o tratamento logo em seguida: “Chorei bastante e não quis aceitar. Mas Deus colocou um anjo em formato de médica para me dar o resultado. Ela me mostrou que eu apenas tinha contraído o vírus HIV e não a doença AIDS. Depois conheci um médico maravilhoso e uma enfermeira espetacular no SAE. Iniciei o tratamento e comecei a tomar a medicação, sem nenhum medo. Hoje vivo bem e a minha carga viral está indetectável”, relata.

Em Teresina, o teste rápido para diagnóstico de Infecções Sexualmente Transmissíveis pode ser feito nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), localizado na Rua 24 de Janeiro, de segunda a sexta-feira, nos turnos manhã e tarde. Havendo confirmação do HIV/AIDS, se o usuário for de Teresina, ele pode se dirigir ao Serviço de Atenção Especializada (SAE), que fica no Lineu Araújo, para receber o tratamento.

O diretor de Atenção Básica da FMS, Francisco Pádua, explica que as Unidades Básicas de Saúde (UBS) têm também suas atividades voltadas à prevenção do HIV/AIDS: “Nós realizamos a distribuição gratuita de preservativos à população nas 90 UBS de Teresina e, no período de carnaval, intensificamos esse alerta: o uso da camisinha é o meio mais eficaz de proteção contra Doenças Sexualmente Transmissíveis e também contra uma gravidez indesejada”, ressalta.

Outra forma de prevenção é a chamada Profilaxia Pós- Exposição (PEP), uma medida de urgência que protege apenas contra o vírus HIV e que pode ser usada em até 72horas após uma relação sexual desprotegida ou em qualquer outra situação de risco. “A PEP está disponível no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), de segunda a sexta-feira, e no Hospital de Doenças Tropicais Natan Portela em todos os dias da semana”, ressalta Alana Niége, coordenadora do IST/AIDS e Hepatites Virais da FMS.

De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Charles Silveira, o serviço para tratar pessoas com HIV/AIDS presta uma boa assistência: “Nosso objetivo é aprimorar o trabalho, que já considero bom. No SAE, é realizada a distribuição de medicamentos, tem uma equipe multiprofissional, que tem dado uma resposta satisfatória à população teresinense e contribuído para melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas”, destaca.

Segundo o coordenador do SAE, Walfrido Salmito, a AIDS é causada pelo vírus HIV, que é transmitido, geralmente, por contato sexual desprotegido com a pessoa contaminada: “Essa doença compromete a imunidade da pessoa. O ideal é que o diagnóstico ocorra antes de surgir doenças oportunistas, que aparecem quando o sistema está imunologicamente enfraquecido. Hoje, a AIDS não tem cura, mas tem tratamento eficaz e as medicações têm menos efeitos colaterais que as de antes”, informou.

Assim pega HIV/AIDS:

-Sexo vaginal, anal ou oral sem camisinha;
-Uso de seringa por mais de uma pessoa;
-Transfusão de sangue contaminado;
-Da mãe infectada para seu filho durante a gravidez, no parto e na amamentação;

Instrumentos que furam ou cortam não esterilizados.

Assim não pega:

-Sexo desde que se use corretamente a camisinha;
-Masturbação a dois;
-Beijo no rosto ou na boca;
-Suor e lágrima;
-Picada de inseto;
-Aperto de mão ou abraço;
-Sabonete/toalha/lençóis;
-Talheres/copos;
-Assento de ônibus;
-Piscina;
-Banheiro;
-Pelo ar.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close