Piauí

Temendo reforma da Previdência, Heráclito pede aposentadoria de R$ 28 mil

Governo quer estipular aposentadoria para políticos de R$ 5 mil

Uma notícia publicada neste domingo (10) no site R7, da TV Record, mostra que 29 ex-deputados federais pediram no mês de fevereiro deste ano, após deixarem os mandatos na Câmara Federal, acesso a aposentadoria pelo Plano de Seguridade Social dos Congressistas. Entre eles está o piauiense Heráclito Fortes, que ano passado não conseguiu reeleição.

A reportagem aponta que Heráclito Fortes tem direito a uma aposentadoria de R$ 28.602,00. O valor mais alto é do ex-deputado Bonifácio Andrada, de Minas Gerais: R$ 33.724,00. A soma dos salários dos 29 parlamentares alcançou R$ 658 mil.

O assunto chama a atenção principalmente porque, no momento, o governo federal encaminhou ao Congresso, a proposta de Reforma da Previdência, o que deve alterar e gerar mais dificuldades para acesso aos direitos de aposentadoria, tanto no regime geral quanto no de servidores públicos.

Aposentadoria de deputados

As regras para aposentadoria dos deputados federais e dos senadores foram alteradas em 1997, com a extinção do Instituto de Previdência dos Congressistas. O Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC – Lei 9.506/97) exige, para a concessão da aposentadoria, 35 anos de contribuição e 60 anos de idade, sem fazer distinção entre homens e mulheres.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close