Cidade

Privatização do Verdão pode gerar confusão entre Governo e Prefeitura de Teresina

Prefeitura diz que praça do Verdão não pode ser fechada e deve embargar privatização

O governo do Estado do Piauí está encontrando muito abaixo assinado contra a privatização do Ginásio de Esportes Verdão.O problema é que na praça em frente ao ginásio funciona um comércio de vendas e compras de carros usados, onde muitos dos corretores tiram o sustento da casa no local que agora estão querendo fechar.

Nesse ponto de vista a Prefeitura de Teresina resolveu entrar na questão e já pensa embargar a privatização do Verdão por causa do fechamento da praça em frente ao ginásio de esportes. O prefeito Firmino Filho agendou visita ao local no próximo sábado, 06, para conferir de perto a intervenção feita pela empresa responsável pela parceria público privada concedida pelo governo do Estado.

A prefeitura entende que a praça é de domínio público e propriedade do município. A Política Privada de Privatização – PPP, do Verdão, está gerando desconforto entre governo, prefeitura e empresa que administra o ginásio de esportes.

Estacionamento do Ginásio Verdão pode ser privatizado

Por outro lado os corretores que trabalham na praça vendendo carros dizem que não vão aceitar em pagar taxas diárias para usar a praça que é pública. “Nós vivemos desse espaço na praça do Verdão que vivia abandonada e há muitos anos estamos aqui trabalhando. Fechar uma praça dessa por causa do Verdão não é certo. Nós podemos trabalhar aqui de dia e de noite ou nos finais de semana quando tiver eventos, a gente sai e deixa o local livre para ser usado como estacionamento”, disse o Genivaldo.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close