Manchete

Governador Wellington Dias rebate crítica sobre empréstimo de R$ 1 bi e garante legalidade

Wellington Dias, novas operações de crédito para o Estado podem acontecer

Não demorou muito para a oposição cair em cima do governador Wellington Dias e falar da recente viagem que ele fez a países da Europa. Segundo Wellington Dias, novas operações de crédito para o Estado podem acontecer. Somente na França, o governo assinala um empréstimo de 200 milhões de dólares, mais de R$ 900 milhões.

A operação milionária, segundo ele, é feita em parceria com a Agência Francesa de Desenvolvimento. A financiadora aprovou no seu comitê de crédito a disponibilidade de 200 milhões de euros apenas para o Estado do Piauí.

Na semana passada, após Dias anunciar a fonte de crédito, o deputado estadual Gustavo Neiva(PSB), oposição ao governo, afirmou que o empréstimo era “fake news” por não ter sido aprovado junto ao legislativo. Segundo o parlamentar, o anúncio era para justificar a viagem à Europa, hoje, criticada.

“Vou entrar com um requerimento solicitando ao governador esses contratos que ele assinou com a Agência Francesa de Desenvolvimento. Eu li nas matérias que a imprensa divulgou que são crédito que somam 200 milhões de euros, quase R$ 1 bilhão. Esse empréstimo não transitou nesta casa. Como é que o governador já está assinando um pré-contrato sendo que é condição ‘sine qua non’ o começo do trâmite no Legislativo de qualquer empréstimo”, alertou Gustavo Neiva.

Em agenda em Teresina nesta segunda-feira (25), Wellington rebateu a afirmação e garantiu que os contratos preliminares são legais.

“Celebramos para o envio conjunto para a Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), ou seja, o empréstimo externo nós só encaminhamos para a Assembleia após a aprovação pela Cofiex, que é o órgão federal, por se tratar de entrada de dinheiro estrangeiro”, explicou Wellington.

Um outro crédito junto ao Fida e ao Bid também foi anunciado pelo governo. São cerca de 118 milhões de dólares para esse contrato.

“Ao aprovar na Cofiex eu encaminho na Assembleia e a Cofiex encaminha para o congresso nacional. É assim que acontece em todos os contratos de financiamento. Sei que nem todo mundo combina essas coisas mas sabem que o governador Wellington Dias trabalha sempre na legalidade”, reafirmou Dias em declara para a imprensa.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close