Piauí

Piauí perde a Superintendência do Banco do Brasil para o estado do Maranhão e funcionários ficam parados

A Superintendência do Piauí será unificada com a do Maranhão, mantendo a sede em São Luís

Agora é oficial, o fechamento da Superintendência do Banco do Brasil em Teresina.   A notícia caiu como uma bomba entre os servidores do Banco do Brasil no Piauí. Segundo um funcionário que não quer ser identificado, vários funcionários da superintendência que eram lotados no prédio do centro da cidade, foram distribuídos para outras agências com desfio de função, muitos estão tirando xerox por não ter o que fazer nessas agências.

A mesma fonte lastima a falta da ação dos políticos piauienses que nada fizeram para que a superintendência fosse tirada do Piauí. acompanhe um trecho da comunicação interna que nos foi repassado. Veja abaixo.

“A Superintendência do Piauí será unificada com a do Maranhão, mantendo a sede em São Luís. Foram considerados aspectos negociais, bem como a proximidade geográfica. Importante ressaltar que não haverá impacto para o atendimento aos clientes do BB e que em todas as capitais será mantida a relação institucional com os estados através das Superintendências Comerciais”.

Este é o conteúdo do email enviado pela assessoria de comunicação do Banco do Brasil, em Brasília, sobre o pedido de informações da retirada da Superintendência do BB do Piauí para o Maranhão. Mas, insistimos e voltamos a questionar, também via email, sobre quais “aspectos negociais” foram determinantes para esta mudança. A resposta é no mínimo abstrata.

“O BB está em período de silêncio e não passa essas informações. Atenciosamente, Unidade Assessoria de Imprensa – Brasília DF”, diz o email.

Para o Sindicato dos Bancários no Piauí é quase impossível reverter esta mudança da Superintendência para São Luiz. O processo de privatização do Banco do Brasil passaria também por esta e outras ações para fragilizar a instituição, como o fechamento de agências e a transformação em postos de atendimento, além da demissão de funcionários através do chamado PDV-Programa de Desligamento Voluntário. Dias 1 e 2 de agosto os bancários se reúnem em São Paulo para definir as estratégias para evitar mais perdas.

Mesmo sem informar oficialmente o lucro que obteve no Piauí, o Banco do Brasil já registra um aumento bem maior que no ano passado, segundo o Sindicato dos Bancários. Entre as carteiras, o BB possui a do próprio Governo do Estado, uma movimentação em torno de R$ 395 milhões mensais.

Mesmo com o fortalecimento do atendimento por aplicativos, com o fechamento de agências e o aumento dos postos de atendimentos perdem os servidores, mas principalmente os usuários que vão ter que enfrentar ainda mais filas e dificuldades para resolver seus problemas junto ao BB.

Ou seja: a corda só quebra para o lado mais fraco, os usuários do Banco do Brasil agora vão ter que recorrer ao estado do Maranhão quando quiserem resolver algo com o superintendente do banco.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close