Piauí

Morre em Teresina aos 87 anos, Myriam Portella, primeira deputada federal eleita no Piauí

Myriam Portella estava internada em um hospital de Teresina com pneumonia. Não foi coronavírus

Faleceu nesta terça-feira (07), Myriam Portella, aos 87 anos. Com a idade avançada e a saúde frágil, dona Myriam estava internada em um hospital de Teresina com pneumonia. Não foi coronavírus.

De acordo com publicação no site da Câmara Federal, a advogada foi a primeira deputada federal eleita no Piauí, iniciando o primeiro mandato em 1987 no Congresso, onde permaneceu até 1997. Já nesse meio tempo precisou se licenciar por 20 dias para tratamento de saúde. Foi a primeira eleição democrática após a Ditadura Militar que durou de 1964 a 1985.

Perfil da ex-deputada no site da Câmara Federal

Myriam Portela foi esposa de Lucídio Portella, ex-governador do Piauí de 1979 a 1983 e cunhada do também ex-governador Petrônio Portella, sendo ainda mãe de Iracema Portella, que segue os passos da matriarca na política enquanto deputada federal pelo Progressistas.

Foto divulgação

Ciro Nogueira

O senador Ciro Nogueira lamentou a morte de Myriam Portela. “Foi uma grande perda para a família, para os amigos, eu tinha uma relação muito próxima a ela. Foi uma mulher a frente do seu tempo. Uma mulher de opinião muito forte, funções políticas bem avançadas para a sua época. Foi nossa primeira deputada constituinte. Quem conviveu com dona Myriam usufruiu de grandes ensinamentos e exemplos de vida. E eu me sinto um felizardo por isso”, disse

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close