Entretenimento

Em guerra, sertanejo Gusttavo Lima cobrará quantia em dinheiro para realização de lives

Depois de tomar todas o cantor agora não quer mais fazer lives

O cantor sertanejo Gusttavo Lima foi um dos responsáveis pela expansão da tática dos artistas brasileiros em prol da promoção de lives devido a pandemia do novo coronavírus. Com o intuito de promover arrecadamento em prol da ajuda dos mais necessitados, o projeto do ‘Embaixador’ inspirou inúmeros outros músicos, que estão se sobressaindo muito bem e faturando uma quantia considerável em cima disso.

No entanto, após a promoção de dois shows virtuais nas últimas semanas, o ‘Embaixador’ anunciou que não iria mais promover lives após ter sido denunciado pelo Conar (Conselho Nacional de Autorregulação Publicitária), que entrou com uma representação ética contra ações publicitárias que aconteceram nas respectivas apresentações.

Faturando em torno de milhões de reais, o músico e compositor surpreendeu ao idealizar um novo projeto que visa uma nova plataforma para que sua legião de fãs tenha acesso aos seus shows de maneira exclusiva, criando assim uma grande concorrente contra o YouTube, segundo revelou o jornalista Leo Dias, onde quebrou um recorde histórico que antes pertencia a premiada cantora norte-americana Beyoncé, alcançado em abril de 2018.

Batizado de ‘Live Live Brasil’, o projeto virá inspirado nos aplicativos de artistas dos Estados Unidos, nos quais os mesmos funcionam em quaisquer que seja o recurso, em celulares, computador ou na televisão, desembolsando pouco mais de U$ 5 dólares por apresentação. No Brasil, o sertanejo Gusttavo Lima planeja cobrar em torno de R$ 9,90 por mês para acesso aos shows dele e dos demais sertanejos que serão transmitidos na sua plataforma, até o presente momento sem data prevista, de acordo com informações do portal Movimento Country.

FONTE: SITE ÁREAVIP
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close