GeralPiauí

Movimentos sociais manifestam apoio às ações do governo no enfrentamento ao coronavírus

Membros da Frente Brasil Popular passaram ao governador uma carta aberta que a entidade fez à sociedade piauiense

O governador Wellington Dias participou, neste sábado (25), de videoconferência com líderes de movimentos sociais que formam o coletivo Frente Brasil Popular no Piauí (FBP/PI). Na oportunidade, os membros do movimento passaram ao governador uma carta aberta que a entidade fez para toda a sociedade piauiense e dialogaram sobre a conjuntura atual, nacional e estadual, no enfrentamento ao coronavírus.

A Frente Brasil Popular reforça neste momento a importância da luta em defesa da vida de todos os piauienses e defende o isolamento social como medida protetiva. “Defendemos, portanto, a continuidade do isolamento social em todos os locais. Nesse sentido, reconhecemos as ações do Governo do Estado do Piauí, na figura corajosa do governador Wellington Dias, também membro do Consórcio de Governadores do Nordeste, quanto às medidas de contenção da propagação do vírus, dentre elas o fomento ao isolamento social; o incentivo às medidas de higiene; a diminuição das atividades comerciais, preservando as essenciais, tudo sem prejuízo aos serviços públicos, garantindo o funcionamento do Estado tanto de forma remota quanto presencial, no intuito de preservar servidores e a população”, diz parte do documento.

De acordo Neide Carvalho, representante no âmbito nacional da Central de Movimentos Populares e no estadual representa a Federação das Associações de Moradores Comunitária do Piauí, o principal objetivo da frente, neste momento, é poder contribuir na organização da sociedade e abrir esse canal de discussão e diálogo com uma agenda ampla e permanente no enfrentamento ao coronavírus e também para a reconstrução da economia.

“Precisamos somar para evitar o caos na saúde e também para construir uma saída econômica. Reforçamos a nossa confiança na pesquisas científicas e defendemos que a vida está acima do lucro. Por isso, reconhecemos o trabalho que está sendo feito pelos governadores do Nordeste, em especial o governador Wellington Dias pela firmeza, responsabilidade e coerência mantendo o isolamento. Isso ajuda a preservar a vida dos trabalhadores e de toda a população”, enfatizou Neide Carvalho.

Na oportunidade, ela também destacou apoio e compreensão dos prefeitos do estado e chamou atenção para a necessidade de enfrentamento das chamadas “fake news”. “É muito triste que em um momento como este estejamos sofrendo ainda a perseguição e a disseminação de noticias falsas por oportunistas. Pedimos ao governador que investigue com urgência as pessoas que estão incitando o ódio e tentando criar pânico na população”, disse a representante dos movimentos sociais.

O representante da Central Única dos Trabalhadores no Piauí (CUT/PI), Paulo Bezerra, falou da necessidade de que as informações sobre a política emergencial chegue a todos os piauienses e que as entidades se disponibilizaram a contribuir. “Vamos receber um treinamento da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc) para podermos fazer chegar a todos as informações e cadastrar aquelas pessoas que têm pouco acesso e conhecimento sobre esses aplicativos e toda política emergencial. Sabemos de todas as dificuldades e vamos contribuir para ultrapassamos juntos esse momento”, comentou Paulo.

Para Wellington, foi um importante diálogo sobre as necessidades do momento atual. “Gostei muito do trabalho que fazem para que pessoas que mais precisam sejam contempladas e cadastradas nos programas sociais. E agradeço em nome de toda equipe da linha de frente pela mensagem de apoio e trabalho concreto no enfrentamento à Covid-19 e desafios deste momento. Insisto na necessidade de muito cuidado com a propagação de fake news. Essas notícias falsas prejudicam o objetivo maior que é salvar vidas”, finalizou Dias.

Confira a Carta Aberta à Sociedade Piauiense – Coletivo Frente Brasil Popular

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close