Piauí

Wellington Dias rebate ministra Damares: “no Piauí, a área da segurança só entra em uma casa para salvar vidas”

A reunião, que foi realizada no dia 22 de abril, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, a ministra Damares criticou o decreto, que Wellington Dias

A reunião do presidente Jair Bolsonaro com seus ministros está dando muito panos para as magas. Não é que o assunto hoje está mais em evidência do que o coronavírus. Esqueceram do coronavírus.

Após um mês das críticas, que a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, fez durante reunião ministerial, agora divulgada, em relação algumas medidas do Governo do Estado do Piauí durante a pandemia. O governador Wellington Dias resolveu se pronunciar sobre o assunto na noite dessa sexta-feira (22), através das redes sociais.

A reunião, que foi realizada no dia 22 de abril, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, a ministra Damares criticou o decreto, que Wellington Dias assinou que permitia a entrada de policiais em residências sem mandado.

No vídeo divulgado pela coordenadoria de comunicação do governo, Wellington Dias primeiramente lamentou o fato e afirmou que no Piauí, a segurança só entra em uma casa se for para salvar vidas. “É lamentável essa declaração da ministra e mais do que isso, sempre a tratamos com todo o respeito do Piauí. Eu entrego a Deus para que cuide dela, agora na época fizemos aqui um decreto que tinha como base a Lei Federal 13.789. Era essa lei que exigia que os Estados para ter acesso aos recursos da área da emergência, a gente vivia uma situação de enchentes, e para atender os municípios mandaram uma minuta e eu assinei de boa fé. A OAB nos alertou e imediatamente fiz a alteração. No Piauí a área da Segurança só entra numa casa para salvar vidas”, disse o governador.

Veja o vídeo

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close