GeralPiauí

Estado do Piauí já registra 7 mil demissões em maio e bate recorde em 2020, revela Ministério do Trabalho

O setor de serviços foi o que registrou maior número de desligamentos, com 40,61%

O Estado do Piauí registrou 7.071 mil pedidos de Seguro-Desemprego no mês de maio, batendo o recorde em 2020. O número é 34% maior que em abril, quando 5.259 piauienses solicitaram o benefício. Os dados foram divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Quando comparado a maio de 2019, o aumento é de 46% em demissões. O MTE não divulgou os dados detalhados por município.

O setor de serviços foi o que registrou maior número de desligamentos, com 40,61%. Em seguida aparece o comércio com 31,84% e construção com 15,7%. A maioria dos trabalhadores está na faixa etária de 30 a 39 anos.

Após maio, o mês de janeiro foi o que registrou o maior número de pedidos do Seguro-Desemprego, com 4.814. Em fevereiro, o número caiu para 3.859. Em março, quando iniciou a pandemia do novo coronavírus subiu para 4.361, chegando em maio no total de 7.071 pedidos. Abril e maio foram os dois meses atingindos diretamente pela pandemia, com todas as atividades não essenciais fechadas, como escolas, comércio, dentre outros setores.

Pedidos de seguro-desemprego em 2020:

  • Janeiro – 4.814
  • Fevereiro – 3.859
  • Março – 4.361
  • Abril –  5.259
  • Maio – 7.071

Segundo  o superintendente Regional do Trabalho no Piauí, Philippe Salha, a situação no estado estaria bem pior se não tivesse entrado em vigor a Medida Provisória 936, que permite o empregador suspender temporiamente por até 3 meses, os contratos de trabalho. Durante esse período, ele recebe o benefício emergencial de preservação do emprego e da renda.

“Esse número de maio poderia ter sido muito maior se não tivesse a MP 936, que prevê tanto a suspensão como a redução da jornada de trabalho. Só para se ter uma ideia, no Piauí mais de 80 mil trabalhadores já foram beneficiados pela Medida Provisória 936. Provavelmente, se esses não tivessem sido beneficiados pela MP poderiam ter sido demitidos, aumentando a estatística desse requerimento de seguro-desemprego. São número preocupantes, lógico, mas que poderiam ter sido muito piores”, afirma Salha.

No Nordeste, o Piauí foi o 2º estado com menos demissões em maio, seguido de Sergipe. Pernambuco foi onde mais trabalhadores foram desligados na região, com 62.634 pedidos de seguro-desemprego.

Veja o ranking:

  1. Pernambuco: 62.634
  2. Bahia: 48.976
  3. Ceará: 32.934
  4. Rio Grande do Norte: 10.526
  5. Paraíba: 10.514
  6. Maranhão: 9.575
  7. Alagoas: 8.247
  8. Piauí: 7.071
  9. Sergipe: 6.101

Como solicitar

O Seguro-Desemprego é um benefício integrante da seguridade social, garantido pelo art. 7º dos Direitos Sociais da Constituição Federal e tem por finalidade prover assistência financeira temporária ao trabalhador dispensado involuntariamente.

O benefício pode ser solicitado por meio digital através do Portal de Serviços do Governo e do aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, ou nos postos de atendimento do Ministério da Economia e do Sistema Nacional de Emprego (SINE).

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close