Piauí

Evangelina Rosa ganha mais 14 leitos para tratamento de paciente com Covid-19

A maternidade passa a contar agora com 30 leitos de internação clínica e 10 de UTI para casos confirmados da doença.

A Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER) ganha, nesta semana, 14 novos leitos clínicos que serão destinados a pacientes com Covid-19. Desse total, oito já estão disponíveis e seis estão em processo de finalização com previsão de entrega para esta quarta-feira (15). A unidade hospitalar passa a contar agora com 30 leitos de internação clínica e 10 leitos de UTIs para casos confirmados da doença.

A ação faz parte de uma série de reformas e ampliações feitas na instituição pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), com o intuito de oferecer instalações de alta qualidade e equipamentos de última geração para o atendimento à população.

O diretor-geral da maternidade, Francisco Macêdo, ressalta que esse é mais um passo para manter a MDER controlando os casos de pacientes com Covid-19. “São 14 leitos a mais que, somados a todas medidas tomadas em nosso plano de contingenciamento da doença, representam maior capacidade de trabalho da nossa equipe ao enfrentamento à pandemia”, declarou Macêdo ao informar que a obra, na qual os leitos funcionarão, faz parte da reforma da nova ala D que segue em finalização.

“A Maternidade Dona Evangelina Rosa é referência em tratamento de alta complexidade. E um fato importante a ser ressaltado é que nenhum dos bebês contraiu o vírus. Apesar do enfrentamento de uma doença séria, a MDER está mostrando, mais uma vez, que está com todos seus setores orientados e treinados para trabalhar no combate à pandemia e isso envolve todas as áreas da instituição”, destacou Francisco Macêdo.

Na maternidade foi instalado ainda, na parte externa da casa, um estande com consultório e recepção para receber gestantes e orientá-las, testá-las e classificá-las quanto ao risco, além encaminhá-las para o local indicado. Uma ambulância é disponibilizada para transferência de pacientes em casos necessários.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close