BrasilPolítica

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão no país árabe

Bolsonaro prometeu o envio de 4 mil toneladas de arroz ao país árabe

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse hoje ter convidado o ex-presidente Michel Temer (MDB), filho de libaneses, para chefiar a missão humanitária do Brasil em Beirute. O chefe do Estado brasileiro afirmou ainda que o Brasil irá enviar medicamentos, insumos médicos e alimentos ao Líbano, além de uma equipe de perícia para ajudar nas investigações sobre o incidente na capital libanesa. A cidade atravessa momento de reconstrução depois que uma explosão de grandes proporções destruiu boa parte de sua região portuária, na última terça-feira (4).

Bolsonaro prometeu o envio de 4 mil toneladas de arroz ao país árabe, que teve o estoque de grãos e cereais comprometido por causa da explosão, além de uma aeronave com medicamentos e insumos básicos. Bolsonaro disse ainda que o Brasil vai mandar uma equipe técnica multidisciplinar para auxiliar na perícia da explosão e que convidou o ex-presidente Michel Temer, descendente de libaneses, para chefiar a missão ao país árabe.

As declarações de Bolsonaro foram feitas neste domingo durante uma videoconferência com líderes mundiais para organizar a ajuda internacional ao Líbano. O evento foi aberto pelo presidente da França, Emmanuel Macron, que pediu uma “ação rápida e eficaz” da comunidade internacional para a recuperação do país árabe.

A conferência é vista como uma forma de as potências ocidentais recuperarem influência no Líbano, onde os mais recentes governos aprofundaram a aproximação com Irã, Síria e China.

O presidente do Brasil fez uma transmissão ao vivo em suas redes sociais enquanto acompanhava o evento, junto com o chanceler brasileiro, Ernesto Araújo. Bolsonaro abriu seu discurso prestando solidariedade ao Líbano e afirmou que, pelo tamanho da comunidade libanesa no território brasileiro, o que acontece no país árabe também afeta o Brasil.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close