CidadeGeral

Vigilância Sanitária de Teresina notifica bares e restaurantes que descumpriram protocolos

A gerente de Vigilância Sanitária ressalta que, aos clientes, é exigido o uso de máscara em todos os momentos que eles não estiverem sentados em suas mesas

Desde a reabertura bares e restaurantes de Teresina, na última segunda-feira (17), seis estabelecimentos já foram notificados ou multados por não se adequarem ao protocolo específico do setor. A Vigilância Sanitária do município está promovendo fiscalizações diárias para garantir o cumprimento das medidas de prevenção contra a Covid-19. Em caso de descumprimento das normas, pode ser aplicada multa no valor de R$ 1.800,00.

Como explica a gerente de Vigilância Sanitária da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Jeanyne Seba, quatro destes estabelecimentos receberam advertências e dois foram autuados, recebendo, em seguida, orientações para corrigir os problemas verificados. “Observamos principalmente descumprimento no distanciamento das mesas, que deve ser de dois metros ou com instalação de barreira de acrílico, e a falta de informações visuais orientando detalhadamente os clientes sobre como proceder. Isso é muito importante pois sem orientação adequada eles podem vir a quebrar as regras ou entrar em conflito com os funcionários”, alerta Jeanyne Seba.

A fiscalização também identificou outras irregularidades nos estabelecimentos, como a falta de álcool em gel 70%, que deve ser oferecido em abundância; e mesas dispondo itens compartilhados, que devem ser substituídos por sachês descartáveis.

A gerente de Vigilância Sanitária ressalta que, aos clientes, é exigido o uso de máscara em todos os momentos que eles não estiverem sentados em suas mesas, além da higienização das mãos antes de entrar no locais. Isso deve ser feito em pias ou dispensadores de álcool 70% instalados na entrada dos estabelecimentos.

Ela pede mais uma vez que a população colabore para a manutenção da segurança nos bares, restaurantes, praças de alimentação e similares. “Não basta apenas a organização do estabelecimento, os clientes também devem colaborar. Por isso, pedimos que todos obedeçam às regras, pois elas foram elaboradas para minimizar os riscos de transmissão da Covid-19”, diz Jeanyne Seba.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close