Piauí

Defensoria Pública capacita lideranças femininas por meio do projeto Defensoras Populares

A atual turma conta com quase 90 participantes de Teresina, interior do Piauí e do Maranhão

A Defensoria Pública do Estado do Piauí realizou neste sábado (24), o V Módulo da segunda turma do curso Defensoras Populares, desenvolvido dentro do Projeto Defensoras Populares, uma iniciativa da subdefensora pública-geral, Carla Yáscar Bento Feitosa Belchior, que conta com a efetiva participação do Núcleo de Defesa da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar e das defensoras públicas ministrantes de cada um dos oito módulos.

O projeto Defensoras Populares tem por objetivo a formação de lideranças femininas em direitos humanos e das mulheres, para que se tornem agentes multiplicadores junto às suas comunidades A Defensoria formou a primeira turma de defensoras populares em 2019 entre lideranças femininas da região do Itararé e Grande Dirceu. Foram 27 mulheres formadas àquela época. Com a pandemia ocasionada pelo novo coronavírus, o curso foi retrabalhado para o formato virtual e surpreendeu as organizadoras por atrair quase 90 participantes de Teresina, do interior do Piauí e até mesmo do Maranhão.

Neste sábado o módulo teve como tema “Direitos das pessoas com deficiência” e foi ministrado pela defensora pública Sara Maria Araújo Melo, titular da 1ª Defensoria Pública do Idoso e da Pessoa com Deficiência. Sara destaca a importância da experiência: “É um projeto que admiro, acho belíssimo e tenho muito prazer em assistir e colaborar, porque entendo como muito importante pelos benefícios que irá trazer para estas mulheres que já são formadoras de opinião, líderes comunitárias, assim como o benefício que trará para a comunidade delas e para a comunidade em geral é imenso. Só tenho a elogiar a Carla, que é a idealizadora, e às defensoras do Núcleo da Mulher,  que com tanta maestria conduzem o curso. Me sinto realmente satisfeita em fazer parte e colocar um tijolinho na construção dessa sociedade mais inclusiva, que tem um olhar diferente para com as pessoas com deficiência. Não um olhar de discriminação, mas de respeito, de dignidade, de cumprimento dos direitos que elas possuem”, ressalta.

A subdefensora pública geral ratifica a grandeza do projetos. “Neste sábado, 24 de outubro, realizamos o quinto módulo do projeto, contando novamente com a efetiva participação das mulheres inscritas, tratando sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência”, afirma Carla.

O projeto é desenvolvido exclusivamente com os esforços e recursos da Defensoria Pública do Estado do Piauí, e tem sido realizado, nesta segunda edição, de forma virtual através da plataforma zoom, o que nos possibilitou chegar a mulheres de todas as regiões do Piauí e alguns municípios do Maranhão.

A fala de sábado, muito elogiada pelas mulheres presentes ao encontro, foi da defensora pública Sara Melo, titular de uma das Defensorias do Núcleo do Idoso e da Pessoa com Deficiência da Capital.  “É um trabalho gratificante e que representa uma das iniciativas da Defensoria do Piauí de promover educação em direitos e assim contribuir para a concretização da cidadania e da dignidade da pessoa humana em nosso Estado”, afirma Carla Yáscar Belchior.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close