GeralPiauí

Nova Maternidade de Teresina tem 41% das obras executadas

A previsão de entrega é agosto de 2021 com capacidade para 286 leitos de alta e média complexidade.

A Nova Maternidade de Teresina completa a primeira quinzena de dezembro com 41% da obra concluída. Localizada na zona leste da capital, a nova unidade de saúde vai ter 286 leitos, 115 desses destinados à terapia intensiva, com 20 unidades somente em UTI adulta e 30 leitos de UTI neonatal. Além desses, a nova maternidade vai ter 45 leitos de cuidados intermediários e 20 leitos intermediários Canguru, que é um espaço para acolhimento de mãe e bebê, que permite que a mãe fique mais próxima do filho.

A nova maternidade será considerada a maior referência neonatal do Piauí. Construída pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), a unidade recebe investimentos aproximados de R$ 135 milhões e vai desafogar as atuais maternidades do Piauí, com estrutura especializada para grávidas de médio e alto risco, além de receber o maior investimento em um equipamento de saúde pública dos últimos anos no estado.

Para o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, a obra é um esforço integrado entre o Estado e a bancada federal, em um compromisso público em prol da saúde das mamães e bebês do Piauí. “A Maternidade Dona Evangelina Rosa tem cumprido a função de atender às gestantes de todo o Piauí, mas precisamos de uma estrutura que proporcione melhores condições às pacientes. A Nova Maternidade de Teresina vai ocupar esse espaço”, diz o gestor.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close