Piauí

Movimento dos Pequenos Agricultores do Piauí promove a 3ª edição Natal sem Veneno

A campanha que incentivou a comercialização de produtos teve o apoio da SAF

O Movimento dos Pequenos Agricultores do Piauí (MPA), com apoio da Secretaria da Agricultura Familiar (SAF), realizou nos dias 23 e 24, em Teresina e em Picos, a entrega de cestas com produtos sem agrotóxicos produzidos pela  agricultura familiar do estado. A campanha” Natal sem Veneno”, que comercializa e entrega cestas natalinas com produtos agroecológicos, está na quinta edição em nível nacional.

Foram comercializadas pelo MPA em Teresina e em Picos três tipos de cestas com variados produtos e pesos, com itens como galinha, carne de porco e de bode, hortaliças, doces, frutas, feijão, farinha de mandioca dentre outros.

Alimentos livre de agrotóxicos

O superintendente da Secretaria da Agricultura Familiar, Francisco das Chagas Ribeiro, ressalta que os produtos desta ação vêm da base do movimento, concentrados aqui no Piauí nos municípios de Francisco Santos, Picos, Monsenhor Hipólito e região. O gestor informa ainda que o principal objetivo é divulgar o trabalho e os produtos do MPA, que é parceiro da SAF em outros projetos de comercialização

O procurador Marcelo Mascarenhas foi um dos consumidores que adquiriu os produtos livre de agrotóxicos. afirma que “o MPA está mostrando com esta ação que realmente alimenta o Brasil, os pequenos produtores fazem isso sem envenenar a nossa mesa ,por isso que participo deste grande mutirão que alimenta o Brasil”, pontuou o procurador.

Maria Cazé, coordenadora do MPA, acrescentou que nessa ação foram vendidas 51 cestas só em Teresina, aproximadamente meia tonelada de alimentos,  18 tipos de produtos dos Territórios dos Vales do Guaribas, Canindé e do Itaim.

A coordenadora afirma que esta ação realizada todo final do ano em todos os estados é um esforço para chamar atenção para o consumo de alimentos saudáveis produzidos agroecologicamente, sem a utilização dos venenos e também chamar a atenção da necessidade  do respeito  às famílias camponesas, da grande aliança entre o  campo e a cidade e a construção desta rede, em torno da soberania alimentar com quem vende e com os consumidores. Para se ter uma ideia, o governo brasileiro liberou este ano 437 novos  tipos de venenos, que podem causar à população problemas neurológicos, câncer, vários tipos de doenças.

Segundo Casé, o movimento conseguiu colocar na mesas de famílias piauienses vários alimentos, com apoio de aliados/as, companheiros/as e parceiros/as que adquiriram a cestas num ato de solidariedade e aliança. Ela afirma que a ideia é dar continuidade à campanha durante o ano todo. “Convoco toda a comunidade para fazer este esforço em adquirir e consumir alimentação saudável, não só neste período mas durante todo o ano”, finalizou.

Mutirão contra a Fome

Ciente do tamanho que é o desafio do direito à segurança alimentar nos dias atuais, o MPA durante esse ano de 2020 vem construindo pelo Brasil o Mutirão Contra Fome e os Comitês Populares do Alimento (CPAs), ações que são instrumentos de organização, distribuição e comercialização de alimentos saudáveis em vários municípios e bairros brasileiros. Já foram distribuídas mais de 800 toneladas de alimentos em 13 estados durante 2020.

Você também pode contribuir fazendo sua doação para a Vakinha Online e compartilhando as notícias e informações no site e redes sociais do MPA Brasil e Raízes do Brasil. (Fonte: site do MPA).

 

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close