GeralPiauí

Governo vai lançar residencial com 500 apartamentos destinados a policiais militares

O imóvel será construído na zona leste de Teresina com valores abaixo do mercado e condições de financiamento compatíveis com o salário de um PM.

O governador Wellington Dias autorizou, nessa terça-feira (19), o pré-lançamento do Residencial Tiradentes, concebido para oferecer a policiais militares, por meio do programa Habitar Servidor, a oportunidade de conquistar a casa própria. O projeto prevê a construção de 500 apartamentos na zona leste de Teresina, com valores abaixo do mercado e condições de financiamento compatíveis com o salário de um PM.

“É uma modelagem nova que tem nexo com o programa da Caixa que assegura a condição de uma habitação de boa qualidade. Neste caso, os 500 apartamentos têm como foco um grupo muito importante de servidores do Estado, que são os policiais militares do Piauí. O Estado entra com o terreno e garante as condições de estímulo ao setor empresarial. Na parte de material de construção, entramos com a política que fizemos do ICMS, em parceria também com a prefeitura. E é importante porque vamos assegurar a geração de emprego que envolve a construção desses 500 apartamentos e as condições de uma habitação digna para os trabalhadores da área da segurança”, destacou Wellington.

O projeto foi articulado pela Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc) e será executado pela Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH). O governo cedeu um terreno ao lado do Parque Zoobotânico e uma construtora se dispôs a construir o empreendimento. A Caixa Econômica é o agente financeiro que fará o financiamento aos interessados.

“A Caixa vai avaliar se o servidor tem condições de contrair o financiamento. As obras começam em julho, e em três anos teremos todos os blocos prontos”, pontuou Viviane Moura, superintendente da Suparc.

Considerado de médio/alto padrão, o condomínio vai oferecer apartamentos de 2 e 3 quartos, que variam de R$ 160 mil a R$ 212 mil. O projeto prevê piscinas adulto e infantil, campo de futebol, áreas de lazer e comercial.

O empreendimento agora deve ser apresentado aos policiais militares. O lançamento está previsto para o dia primeiro de fevereiro.

“Vamos lançar um site onde os interessados terão todos os detalhes do empreendimento. Depois teremos uma live. Em se interessando, o policial comparece aos pontos de vendas”, disse Gilvana Gayoso, diretora da ADH.

Um quiosque será montado dentro do Quartel do Comando-Geral para apresentar o projeto pessoalmente aos militares, fazer simulações e tirar dúvidas.  A seleção dos compradores obedecerá a regulamento.

“Logo estaremos em condições de inscrições dos policiais militares, para que possam fazer simulação se de fato o empreendimento está ajustado ao seu orçamento, sua renda familiar, para quem sabe, ao fim deste ano, concluir as primeiras unidades”, explicou o comandante-geral da PM, cel. Lindomar Castilho.

Participaram da reunião representantes da Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH), Polícia Militar do Piauí (PM), Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc) e da Construtora MC Fortes.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close