CidadeGeral

Motoristas de ônibus fazem manifestação no centro de Teresina

Manifestação no centro deixa o trânsito lento

Motoristas e cobradores de ônibus fizeram na manhã desta quinta-feira(11), manifestação, estando hoje no quarto dia de greve do transporte público. O movimento teve inicio na avenida Frei Serafim e seguiram até a Praça da Bandeira, ambas no Centro de Teresina.  A  Strans acompanhou a manifestação dos grevistas e controlou o trânsito, liberando a passagem para os veículos pequenos e limitando a manifestação na faixa dos ônibus. O trânsito ficou lento durante o percurso.

O motivo da greve é reivindicação  do pagamento dos salários do mês de janeiro, o retorno do ticket alimentação e do plano de saúde como eram há dois anos. Foi determinado pelo Juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública de Teresina, João Gabriel Furtado Baptista, determinou aos consórcios das empresas de transporte coletivo da capital que disponibilizem 70% da frota de ônibus coletivos nos horários de pico. A determinação aconteceu ainda na segunda-feira(08).

O juiz determina ainda através de liminar que as autoridades municipais e os consórcios das empresas de transporte adotem todas as medidas legais e contratuais cabíveis para que 70% da frota circule de segunda a sexta das 6h às 9h e das 17:00 às 19:00h, aos sábados: 6h às 9h e das 12 às 15h, e 30% nos demais horários, enquanto perdurar a situação de pandemia da Covid-19. O Sindicato dos Trabalhadores, Sintetro, informa que a entidade está obedecendo a determinação judicial. O Sindicato das Empresas de Transporte de Teresina (Setut) alega que está trabalhando no prejuízo e que o déficit chega ao valor de R$ 40 milhões.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close