CidadePiauí

Greve de Motoristas e cobradores de ônibus continua em Teresina e usuários sofrem

Setut em seu comodismo, informa que segue aguardando o repasse e em busca de resolver essa atual situação.

Motoristas e cobradores dos transportes coletivos que fazem rota nas zonas Norte e Sudeste de Teresina paralisaram novamente as atividades nesta segunda-feira (22/03), em protesto ao descumprimento do acordo de pagamento dos salários referente ao mês de janeiro.

Ajuri Dias informou que o Setut não honrou com o pagamento dos salários atrasados e hoje os motoristas que não receberam seus benefícios protestaram, pois não tem condições de ir trabalhar sem receber.

“O Setut desafia e desobedece a justiça e não honra com seus compromissos, o acordo extrajudicial que o procurador do município está buscando fazer com o Sintetro, Setut e prefeitura é no sentido de poder buscar durante esse período instabilidade do sistema, para que não possa mais ter greve e os empresários honrar com seus compromissos. É uma negociação à parte, que não tem nada haver com o acordo que o Sintetro fez com o TRT, que era para ser pago em 90 dias. O Setut e o Sintetro procura um entendimento para que possa assinar a convenção coletiva de trabalho e o Setut honrar com o pagamento de janeiro, atrasado. Mas infelizmente até quinta-feira, algumas empresas não pagaram os funcionários e revoltados estão se manifestando, porque sabem que sem receber salário não dá para ir trabalhar, porque não tem como se deslocar.” disse o presidente do Sintetro.

Segundo Ajuri Dias, o Setut está atrelando o acordo extrajudicial da prefeitura com o do TRT.

“O Setut assume os compromissos e não honra, ficando atrelando a questão do acordo extrajudicial para recebimento do pagamento dos trabalhadores, eles estão mentindo, porque não está condicionado o pagamento ou acordo do TRT com o pagamento extrajudicial da prefeitura.” declarou.

Setut informa que segue aguardando o repasse e em busca de resolver essa atual situação.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close