GeralInternacional

Joe Biden contraria OMS e dispensa uso de máscara em imunizados nos EUA

 No entanto, o uso de máscara segue obrigatório em espaços fechados como lojas, shoppings, restaurantes (exceto em áreas abertas), salões de beleza, igrejas, academias, cinemas, teatros e no transporte público.

Assim como Israel, agora foi a vez dos Estados Unidos mudar sua recomendação e dispensar o uso de máscaras em atividades e pequenas reuniões ao ar livre para pessoas que já estão totalmente imunizadas contra a covid-19.

No Brasil o desuso da máscara foi anunciando pelo presidente Bolsonaro para pessoas já imunizados com a segunda dose da vacina. Isso gerou muita crítica dos brasileiros que não concordam com a medida. O país ainda continua com alto índice de mortes, e a imunização da população, ainda não chegou aos 20 por cento de pessoas vacinadas com a segunda dose.

Especialistas apontam que a medida determinada por @joebiden, segue contra as orientações da Organização Mundial da Saúde e de médicos infectologistas que reforçam o uso constante do equipamento de proteção mesmo após a imunização.

Pessoas imunizadas também podem se reunir sem máscara em espaços abertos em pequenos grupos de amigos, familiares e outras pessoas que também tenham sido vacinadas. A proteção facial também é dispensada para os vacinados em restaurantes com mesas ao ar livre. Quem não está totalmente imunizado —só tomou a primeira ou nenhuma dose da vacina— também poderá fazer atividades ao livre sem máscara, mas deverá utilizar a peça de proteção em lugares onde há outras pessoas fora de seu núcleo de familiares e amigos.

*A matéria foi publicada no dia 13 de Maio de 2021.

Fonte: revistaceará.com.br

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo