Manchete

Franzé Silva diz que PT fortalece nome de Rafael e nega “traição ” ao MDB e defende chapa pura

Vinda de outros candidatos para o PT não é a prioridade no momento, diz deputado

Nesta terça-feira, 15, nos corredores da Alepi, encontramos o deputado estadual Franzé Silva, ele afirma que não há divisão no PT com relação ao nome do secretário de Fazenda Rafael Fonteles (PT). Segundo ele, Rafael é o nome do partido para disputar o Palácio de Karnak em 2022.

“O PT  trabalha de forma clara. Não temos essa dificuldade de ir a público  quando mudarmos de estratégia. Hoje nossa estratégia é fortalecer o nome de Rafael Fonteles. Não  existe dentro do PT ninguém falando o contrário”, disse.

Franzé também negou que o PT tenha traído o MDB ao lançar Regina Sousa como vice-governadora em 2018. Segundo ele, o que se chama de traição foi na verdade um acordo. O MDB de Themistocles Filho está de novo no páreo para indicar o vice, dessa vez, o nome cotado é do deputado Themistocles Filho.

“Tivemos um acordo com o MDB. Abrimos mão  da chapa pura para fortalecer todos os partidos da base. Em compensação, ficamos com a vice. Não houve traição, houve acordo. O PT coordenado pelo saudoso Assis Carvalho tinha o desejo de fazer chapa pura e fazer de sete a oito deputados. Em compensação  tivemos a vaga de vice”, destacou.

Veja o vídeo com o deputado Franzé falando que na opinião dele o governador Wellington Dias deve disputar uma cadeira no Senado, e não na Câmara. Ele também falou sobre o PT querer compor nomes do partido para disputar a eleição de 2022.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo