GeralPiauí

Governo apoia instalação de fábrica de embarcações na ZPE de Parnaíba

O Governo do Estado do Piauí assinou, nessa quarta-feira (15), um protocolo de intenções de investimentos com VM Boats Indústria e Comércio […]

O Governo do Estado do Piauí assinou, nessa quarta-feira (15), um protocolo de intenções de investimentos com VM Boats Indústria e Comércio de Produtos Náuticos Ltda., que deve implantar a primeira fábrica genuinamente piauiense a produzir dois modelos de embarcações que visam atender a prática náutica esportiva. A empresa será instalada na Zona de Processamento de Exportação de Parnaíba (ZPE). No documento, o governo cede na forma de comodato um galpão na ZPE e se compromete a políticas públicas e fiscais que incentivem as práticas do turismo náutico.

“Todo esforço é para que a gente possa trazer mais investimentos para a Zona de Processamento de Exportação e, agora, com o avanços permitidos pelo Congresso Nacional, vamos dar as condições, tanto para a exportação, como para o mercado interno, celebramos este protocolo com a VM Embarcações, que produz embarcações modernas. Eu creio que é um nicho que casa com muito bem com o turismo e outras áreas. O Estado, através da Investe Piauí, acompanha esta iniciativa, juntamente com a missão coordenada pelo PRO Piauí, pois são mais de R$ 14 milhões de investimentos, já nessa fase inicial, e, com certeza, trará bons resultados para o nosso estado”, declarou Wellington Dias.

O coordenador do PRO Piauí e secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles, destacou que uma das missões dentro do programa é atração de investimentos. “A Investe Piauí é uma sociedade de economia mista que foi designada pela Assembleia Legislativa para ter essa missão e um dos pontos que ela atua é no litoral na ZPE, que está na fase final de homologação. Estamos cuidando com presidente da Investimentos Piauí, Victor Hugo, a atração de empreendedores e investidores para serem locados na ZPE”, comentou.

Rafael Fonteles também falou sobre os resultados sociais da implantação da fábrica. “Serão mais de trezentos empregos ao longo de três anos. É um investimento intensivo em mão de obra, portanto, tem um grande efeito socioeconômico, fora a grande possibilidade de atender o mercado brasileiro que tem vocação para isso, pois somos um país que tem muitas águas e um litoral muito extenso, mas que também pode atender o mercado externo. Pode ser a primeira fábrica da América Latina de jet boat que é uma tendência internacional”, disse o coordenador do PRO Piauí.

O secretário de Estado do Turismo, Flávio Nogueira Júnior enfatizou que a chegada de uma fábrica como essa influencia positivamente o turismo da região, em especial a Rota das Emoções. “O turismo náutico é seguimento que cresce no mundo, principalmente nos Estados Unidos e Canadá, e está em crescimento também no Brasil. O litoral do Piauí e a Rota das Emoções, que são destinos consolidados, serão fortalecidos”, disse.

O sócio da VM, Roberto Abreu, que é piauiense, destacou que já vinham há mais de um ano trabalhando com os estudos de viabilidade. “A iniciativa do Governo do Estado por meio do PRO Piauí, veio dar toda validação ao nosso projeto que olha para o mercado internacional desse tipo de embarcação. Quando consolidamos a parceria, veio o Investe Piauí, um apoio inovador de fomentação e incentivo. Fico feliz como piauiense em aproveitar essa oportunidade e trazer para o nosso estado essa iniciativa. Serão350 empregos diretos, fora os indiretos, pois há uma toda uma cadeia logística, acessórios relacionado ao turismo, ao consumo e distribuição. Vimos a oportunidade como investidores e estamos acreditando no Piauí”, disse.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo