CidadePiauí

Presidente da FMS diz que Teresina recebe doses insuficientes de vacina contra a Covid

Segundo Gilberto Albuquerque, as doses encaminhadas para Teresina são insuficientes para atendimento da demanda.

O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, Gilberto Albuquerque, afirmou nesta terça-feira (20) que Teresina não está recebendo doses de vacina contra a Covid-19 suficientes para atender a população. Ele informou que encaminhou ofícios para o Ministério da Saúde e a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) pedindo doses extras.

Segundo Gilberto Albuquerque, as doses encaminhadas para Teresina são insuficientes para atendimento da demanda e que isso impede o avanço da campanha de vacinação.

“Teresina tem uma média entre 12 e 13 mil pessoas de cada faixa etária, entre 40 a 50 anos. A nossa capacidade de administração é de 12.500 mil doses dia, então Teresina tem capacidade administrar nos dias úteis até 50 mil por semana, mas infelizmente nós não temos essa quantidade de doses”, informou o presidente da FMS.

Ele destacou que é importante que o Ministério da Saúde atenda ao pedido, principalmente levando em consideração que a capital possui uma rede de saúde que é referência para o atendimento de casos de média e alta complexidade para os demais municípios do Piauí e dos estados vizinhos, como o Maranhão, Pará e Tocantins.

“Estamos aguardando o Ministério da Saúde suprir nossa demanda, fizemos esse pedido reiterada vezes, alegando Teresina ser um núcleo central no Piauí, que está entre Fortaleza e São Luís onde já teve a nova cepa. Esperamos que o Ministério da Saúde acate as nossas justificativa e nos envie um número maior de doses para que a gente possa avançar mais rapidamente na vacinação”, destacou Gilberto Albuquerque.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo